Wesley fala sobre a volta ao Paulistão pela Macaca e destaca o peso da camisa alvinegra

A Ponte Preta está treinando firme em Itu, onde faz pré-temporada, de olho na estreia pelo Paulistão às 21h15 de 26 de janeiro, contra o Palmeiras. Foi no adversário, por sinal, que o atacante Wesley teve destaque pela competição que volta a disputar após cinco anos – coincidentemente, na época a equipe paulistana era comandada pelo técnico Gilson Kleina.

“Estou muito feliz de estar voltando ao cenário do Paulista, para uma competição que no começo do ano é a mais importante, e ainda mais com a camisa da Ponte Preta. Venho de anos maravilhosos, conheço bem a competição e já fui campeão ne. Agora é colocar em prática com essa camisa pesada do Interior. Quando joguei contra a Ponte sempre tive dificuldade, agora estou feliz de estar a favor e espero contribuir da melhor maneira”, diz.

O volante revela que a presença de Kleina no comando alvinegro pesou na decisão dele para vir ao time. “Sem dúvida. Já trabalhei junto com o Kleina e fomos campeões, entendo bem a plataforma de jogo e as situações que ele e a comissão pedem. Vir pra cá foi escolha rápida, tive outras opções, mas quando se fala na Ponte sabemos da grandeza do time. Quero alavancar vitórias e conquistas importantes com essa camisa”, afirma.

Ainda sobre a vinda para Campinas, o jogador acrescenta: “Quem me conhece sabia da minha vontade de vestir essa camisa, não pensei duas vezes. Podem ter certeza que, junto com companheiros, vamos tentar fazer um ano diferente e trazer o melhor pra a Ponte Preta.”

Questionado pela imprensa sobre a diferença entre “o Wesley cuja contratação foi pedida pela torcida do Palmeiras” e o atual, o jogador não se furta e responde com autoridade.  “A intensidade e entrega continuam a mesma, mas agora tem mais maturidade, experiência. Conforme passam os anos , com sabedoria, a gente aprende a cortar caminhos, mas sempre com muita aplicação tática e marcação, todos têm que estar atentos a isso”, enfatiza.

Por fim, o volante de 34 anos fala sobre a importância da atividade em itu e a composição do elenco, que mistura atletas experientes e jovens, além de ter posições mais disputadas internamente. “Nesse começo de temporada estamos buscando ficar na melhor forma física  pra que possamos seguir da melhor maneira e conquistar coisas grande neste ano. Todos sabem que existe concorrência interna nas posições, mas que é em prol do grupo. É muito importante essa mescla de atletas jovens e outros mais maduros e a competividade vai ser boa aqui, mas tomara que seja ainda melhor contra os adversários”, conclui.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS