“Volante-goleiro” Wallisson conta com força da torcida na quinta: “É nossa oportunidade de vencer”

Foto:PontePress/DiegoAlmeida

Nos minutos finais do jogo contra o Cruzeiro, o volante Wallisson protagonizou uma situação inusitada. Com a expulsão de Caíque França, o jogador colocou a camisa vermelha por cima da que estava usando e – sem luvas – foi para o gol e ainda fez uma boa defesa no último ataque dos donos da casa.

“Foi uma situação em que a gente não podia mais mexer e eu sempre brinco no gol quando jogo com os amigos, especialmente quando estou de férias. Então tive a atitude de ir para o gol e dar meu melhor do mesmo jeito pra honrar a camisa. Não pensei duas vezes”, relembra.

O jogador conta, porém, que sempre atuou no futebol – tanto na Base como no profissional -na linha, nunca teve nenhum desejo de ser arqueiro. “Já joguei como ponta, meia ofensiva , lateral. Onde o time precisar de mim eu vou…até para o gol. Mas meu negócio é jogar com os pés mesmo”, diz.

Neste sentido, o volante fala sobre a vontade  de ser titular e de balançar as redes com a camisa alvinegra, quem sabe já contra o Sampaio Correa nesta quinta-feira à noite. “No meu setor rem que a briga é intensa, mas estou muito motivado pela oportunidade de jogar e continuarei dando meu melhor para a gente sair desta situação.  Tenho muita força e procuro pisar na área, chegar bem. Espero chegar de novo nesta partida e quem sabe fazer meu primeiro gol com a camisa da Ponte Preta”, afirma.

Ele conclui destacando a importância do jogo de amanhã e do apoio do torcedor alvinegro. “Esse jogo é a oportunidade de conseguir a vitória e sair dessa situação incômoda o mais rápido possível. Nossa torcida é importantíssima para nós e precisamos dela nesta quinta: com os torcedores do nosso lado é que vamos reverter essa situação”, acredita.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS