Macaca enfrenta Penapolense no Majestoso e quer engrenar para disputar vaga nas semifinais no dia 12 de abril

 

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/VictorHafner

A Ponte Preta entra no Majestoso 18h30 deste domingo de Páscoa, para enfrentar o Penapolense, já classificada com antecedência para as quartas de final contra o Corinthians – o confronto ocorrerá no dia 12 de abril, próximo domingo, no Itaquerão. No que depender do técnico Guto Ferreira e seus comandados, porém, nada de corpo mole pelo objetivo inicial já estar cumprido: pelo contrário, é hora de ganhar moral e encaixar ainda mais o time para ganhar corpo antes de enfrentar o até agora melhor da competição.

“Vamos usar o jogo de hoje e o próximo  para engrenar, não perder padrão e buscar sempre o melhor, dentro da política que sempre fazemos. Talvez, como a partida contra o Capivariano é no meio de semana, possamos administrar a equipe para estar melhor contra o Corinthians, mas tanto amanhã quanto contra o time de Capivari a Ponte vai entrar para fazer seu melhor , nunca entramos em campo meia boca”, afirma o comandante pontepretano.

Como sempre, Guto não antecipa o time que entra em campo logo mais, nem revela quem pretende usar ou não efetivamente mais na frente, contra o time da capital. “Vamos buscar dentro do que temos condições. Hoje o (lateral) Jeferson joga, mas não joga quarta nem no domingo porque vai estar na seleção.  Temos que trabalhar dentro da nossa realidade, que é diferente, até por contusões temos plantel mais reduzido. Mas vamos  procurar fazer equipes mais competitivas para estas duas partidas e deixar o máximo de jogadores em nível de competitividade para as quartas.”

Sobre o futuro adversário em si, Guto é realista. “Não sou eu que vou analisar ou falar, é todo mundo, a mídia de todo Brasil que diz que o Corinthians está jogando melhor e os resultados mostram isso, neste ano eles só perderam um amistoso e depois não perderam mais nada. Então temos todo respeito, como sempre tivemos a todos os nossos adversários, mas também temos nossas aspirações. Se for entrar para ser coadjuvante não precisamos nem ir para São Paulo: temos que buscar nosso melhor e que esse melhor possa nos dar condições de vencer, como deu frente a outros do mesmo porte”, enfatiza.

Guto finaliza o assunto falando sobre a possibilidade de Borges estrear na próxima fase e sobre como a partida de hoje e a próxima podem ser importantes para todos jogadores . “Todo mundo vai querer jogar bem contra o Penapolense e contra o Ituano, vai querer dar seu melhor para garantir vaga entre os que vão enfrentar o Corinthians. Quanto ao Borges,  tudo a seu tempo: é o tempo que vai dizer.”

Ingressos

Os ingressos para a partida de logo mais – a R$ 40,00 (inteira) e R$ 20 (meia) – são vendidos até o final do primeiro tempo – e, nunca é demais lembrar, integrantes do programa Torcedor Camisa 10+ podem pagar mensalidade de R$ 50,00 que inclui entrada sem pagar ingresso em TODOS os jogos no estádio.

Quem não puder ir ao estádio pode acompanhar o jogo pelas rádios esportivas de Campinas (FM 99,1, AM 870 e 1170) ou pelas webrádios Macacada Reunida e PonteNews.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS