Com gols de Rildo, Fernando Bob e Adrianinho, Macaca vence o Vilhena e avança na Copa do Brasil

 

Crédito obrigatório para reprodução da imagem: PontePress/FábioLeoni

 

A noite dessa quinta-feira (02) foi de sucesso para a Ponte Preta pela Copa do Brasil. O time venceu o Vilhena no estádio Moisés Lucarelli pelo placar de 3 a 0, com gols de Rildo, Fernando Bob e Adrianinho, e de quebra, garantiu seu lugar na segunda fase do torneio nacional.

O próximo compromisso alvinegro será às 18h30 do domingo (05) diante do Penapolense no estádio Moisés Lucarelli em partida válida pela 14º rodada do Campeonato Paulista 2015, a penúltima da primeira fase do torneio. Pela Copa do Brasil, a Macaca ainda aguarda a definição para saber quem será seu adversário na segunda rodada. Moto Clube e Boa Esporte empataram em 1 a 1 no Maranhão e decidem a vaga no dia 15/04 em Varginha. Somente após a definição dos confrontos a CBF irá divulgar datas e horários da próxima etapa do torneio nacional.

O Jogo:

Diante de 5.063 torcedores, a Macaca teve a primeira finalização da partida aos 5 minutos com um chute de fora da área de Rodrigo Biro que parou nas mãos de Wagner. Um minuto depois, que arriscou de longe foi Rai, mas João Carlos fez segura defesa. Aos 19, Jeferson recebeu belo lançamento pela direita e ficou cara a cara com o arqueiro, que saiu bem do gol para fechar o ângulo e fazer a defesa.

Aos 23 minutos Adrianinho cobrou falta da esquerda e Pablo subiu mais alto do que a zaga para cabecear por cima do gol. Dez minutos depois, Rai tentou mais um chute de fora da área a parou em João Carlos novamente. Aos 36, Adrianinho cruzou da direita e Rildo apareceu na área para desviar de cabeça e abrir o placar. 1 a 0 para a Ponte.

O zagueiro Junior do Vilhena cometeu falta dura em cima de Rildo e foi expulso de campo aos 40 minutos após receber o cartão vermelho direto. Aos 43, Roni cobrou falta da esquerda e Adrianinho, que recebeu pelo outro lado, chutou para fora. Três minutos depois, Jeferson cruzou da direita e Roni emendou um voleio que saiu pela linha de fundo, mas muito próximo à trave. Sem tempo para mais nada, o primeiro tempo foi encerrado após dois minutos de acréscimos.

Na volta do intervalo, a Ponte atacou primeiro aos 4 minutos com um chute de Adrianinho de fora da área que acertou o travessão. Logo na sequência, Adrianinho lançou para Rodrigo Biro que foi derrubado na área e o árbitro assinalou o pênalti. O camisa 5 e capitão do time Fernando Bob bateu de pé esquerdo e ampliou o placar. 2 a 0.

Aos 14 minutos Rildo avançou pela esquerda e lançou para Roni na área, a bola passou por ele e sobrou para Bruno Silva que chutou para fora. A Macaca fez a primeira alteração aos 17, quando Wellington entrou no lugar de Bruno Silva. O atacante alvinegro teve a primeira oportunidade logo um minuto depois, quando arriscou da entrada da área e mandou para fora.

Rildo invadiu a área pela esquerda aos 20 minutos, fez fila em três marcadores e bateu para a defesa de Wagner. O treinador Guto Ferreira promoveu a segunda substituição no time aos 21, Rodrigo Biro saiu para a entrada de Juninho. Um minuto depois, Rildo cruzou da esquerda, Adrianinho pegou de primeira e cruzou novamente, dessa vez da direita, para Welligton finalizar pela linha de fundo.

Aos 27 minutos Rildo fez mais uma bela jogada pela esquerda e rolou para trás, Wellington chutou forte, mas foi travado pela defesa adversária. Aos 34, Rildo recebeu lançamento na área, o goleiro Wagner saiu do gol, derrubou o atacante pontepretano e cometeu o pênalti, assinalado pelo árbitro. O camisa 10 Adrianinho bateu rasteiro no canto para marcar mais um gol alvinegro. 3 a 0 na Majestoso.

Logo na sequência, Rildo saiu para a entrada de Thomas. Sem mais lances de perigo, o jogo foi encerrado sem nenhum minuto de acréscimo.

Ficha Técnica:
 
Ponte Preta: João Carlos; Jeferson, Renato Chaves, Pablo e Rodrigo Biro (Juninho); Fernando Bob, Bruno Silva (Wellington), Josimar e Adrianinho (Thomas); Roni e Rildo. Treinador: Guto Ferreira.

Vilhena: Wagner; Henrique, Junior, Marinho e Jonatas; Carlinhos, Flávio (Roberth), Rai e Diego Siqueira (Felipe); Salatiel (Pivatto) e Roallase. Treinador: Márcio Bittencourt.
 
Data: 02/04/2015, quinta-feira – 19h30.
Local: Moisés Lucarelli, Campinas-SP.
Árbitro: Pathrice Wallace Correa Maia (RJ).
Auxiliar:  Luiz Claudio Regazone (RJ) e Thiago Henrique Neto Farinha (RJ).
Cartão Amarelo: Carlinhos (Vilhena).
Cartão Vermelho: Junior (Vilhena).
Gols: Rildo, Fernando Bob e Adrianinho (Ponte Preta).

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS