Presidente Vanderlei, vices e mesa do Conselho assumem para o triênio 2015-2017: “Vamos trabalhar pela nossa Macaca com muita responsabilidade e lutar para manter nossa Ponte sempre em destaque no futebol brasileiro”

Crédito obrigatório para reprodução das fotos:
PontePress/DanielRibeiro

Em uma noite de muita emoção, o Conselho Deliberativo da Ponte Preta definiu por unanimidade o nome do empresário pontepretano Vanderlei Pereira como o 55º presidente da Ponte Preta. Além de Vanderlei – que deve anunciar a composição de sua diretoria nos próximos dias – assumiram imediatamente seus cargos o 1º vice-presidente Giovanni Dimarzio e o 2º vice-presidente Hélio Kazuo. Os 300 votantes também reconduziram à mesa do conselho o presidente Mauro Alcides Zuppi, bem como o vice Tagino Alves Filho, o primeiro secretário Josué Alves da Cunha Junior e o segundo secretário Norimiti Higa.

As primeiras palavras oficiais do novo presidente da Ponte Preta foram de agradecimento e compromisso com o time. “Quero agradecer a confiança dos pontepretanos e do nosso presidente de honra Sergio Carnielli. É uma responsabilidade muito grande. Eu sou muito pequeno perto da dimensão da Ponte Preta. Prometo trabalhar pela nossa Macaca com muita responsabilidade e lutar para manter a nossa Ponte sempre em destaque no futebol brasileiro." 

A sessão de votação foi presidida pelo conselheiro Rachid Mahmud Lauar Neto. Vanderlei, que foi indicado pela chapa Sempre Ponte Preta (que venceu as eleições para o conselho), foi eleito por unanimidade após o conselheiro José Armando Abdala Junior propor voto simbólico feito pelo conselheiro Osvijomar de Seixas Queiroz. Também foram eleitos na noite de ontem os três integrantes do Conselho Fiscal (Odarci Luiz Martins, Francisco Carlos Kiko Marques e Nilton Levantesi) e como suplentes Fernando César Oliveira Rodrigues, Alex Azevedo Trindade e Marcelo Paschoal.

Despedida cheia de emoção

O ex-presidente Márcio Della Volpe também se dirigiu aos presentes na reunião de ontem, falando com muita emoção sobre o fim de sua gestão. “Ser presidente de um clube da grandeza da Ponte Preta é uma honra e precisamos acima de tudo manter a união que tenmos entre nós. Cada vez mais depende apenas de nós mesmos fazer a Ponte gigante como nosso hino diz. Vamos todos juntos, no mesmo caminho.”

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS