Ponte Preta se reapresenta na segunda (31) e técnico Vadão faz avaliação dos primeiros meses de trabalho e do que a Macaca precisa para conquistar o acesso à série A do Brasileiro

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/DJotaCarvalho

A Ponte Preta retoma os treinamentos nesta segunda-feira (31), mas só voltará a jogar no dia 18 de Abril, contra o Icasa, pela estreia do Brasileirão da Série B. Durante esse período, o técnico Vadão trabalhará a equipe que assumiu em janeiro, além de encaixar as novas peças que estão chegando ao clube.

“O Campeonato Paulista acabou e não vamos ficar remoendo isso, já é passado. Infelizmente saímos. Se estivéssemos ainda na competição, aí pensaríamos, mas passou. Temos que pensar apenas no Brasileiro agora”, afirma o comandante da Ponte, que terá dezoito dias para trabalhar com o grupo antes do primeiro confronto na competição nacional.

Para o treinador, é um tempo importante para que as novas peças do elenco que chegarem se entrosem o quanto antes com o time. “Estamos buscando agilizar para que o maior número de contratados se apresentem já neste início de semana. Dessa forma vamos poder trabalhar e pensar em de que forma o time que vai estrear no Brasileiro”, explica.

Segundo o técnico, o Paulistão foi um laboratório interessante para ver o que há de bom bem como identificar as carências no elenco da Ponte Preta. Lembrando que, mais uma vez, a equipe chegou entre os oito melhores da competição e o treinador assumiu o cargo com o torneio já iniciado.

“O trabalho foi bem feito. Recuperamos a equipe, que estava em uma situação difícil no início da competição e conseguiu se classificar com uma rodada de antecedência. Obviamente que apresentamos deficiências e isso tem que ser corrigido. Na minha opinião foi um trabalho de razoável para bom”, avalia o técnico.

Agora com o pensamento no nacional, Vadão acredita em um campeonato muito disputado, algo que vê como característica da Série B. “Há muitas equipes sem poderio financeiro na disputa da série B esse ano. Isso mostra que teremos um campeonato muito aguerrido. Tem a presença do Vasco e a do Náutico, que caíram no ano passado, mas não acredito em nível forte, mas sim de muita competitividade”, finaliza.

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS