Vadão fala sobre sondagem da CBF e diz que seu foco agora está na preparação da Ponte Preta

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/RafaelRAS

O nome do técnico da Ponte Preta, Vadão, está sendo comentado nos corredores da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) para assumir como próximo treinador da Seleção Brasileira de Futebol Feminina. De ontem para hoje, vários informações não-confirmadas  surgiram a este respeito e, nesta quinta-feira (10), o técnico veio a público falar a respeito e reforçar que no momento o seu foco está na preparação da Macaca.

“Meu nome foi ventilado, mas eu estou aqui trabalhando. Se eu tivesse acertado alguma coisa,  não estaria aqui. Fico feliz, grato, mas não tem nada oficial. Tanto é que estou aqui treinando, trabalhando, vamos para o jogo-treino neste sábado contra o Mogi e o pensamento é na Ponte Preta”, afirma o treinador, que reforça que está concentrado no trabalho no clube.

“Tem uma coisa que me incomoda muito é que tem um profissional trabalhando. Aí, de repente, está todo mundo falando disso. Se estivesse alguma coisa certa eu não estaria aqui”, reforça. O comandante pontepretano, no entanto, é transparente ao dizer que, caso haja uma proposta oficial, ele irá vai analisar. Mas, relembra, no passado também já recusou propostas para prosseguir no comando da Ponte.

“Se vier algo eu tenho que pensar, ainda mais por vir da CBF. Se oficializarem e chegar ao ponto de eu ter que decidir, refletirei com bastante carinho. Eu tenho contrato com a Ponte até o final do Paulista do ano que vem e sempre gosto de cumprir meus contratos. Lembro que em 2002, eu recebi um convite para ir ao Santos e não fui, porque tinha compromisso com a Ponte”, ressalta.

O técnico agora pensa no jogo-treino de sábado contra o Mogi Mirim. “Temos um último compromisso em Mogi antes da estreia no Brasileiro e o aproveitamento tem que ser bom. Temos que estar devidamente preparados para o primeiro jogo aqui no Majestoso”, completa.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS