Guto comemora os três pontos, mas vê desempenho abaixo do esperado do time e diz que vai trabalhar para corrigir erros durante a semana

 

Crédito obrigatório para reprodução da imagem:
PontePress/GuilhermeDorigatti

 

A Ponte Preta venceu o Bragantino por 1 a 0 neste sábado (21) e somou mais três pontos na tabela de classificação do Campeonato Paulista. Apesar de o resultado positivo ter sido conquistado fora de casa, o treinador Guto Ferreira não gostou da postura da equipe dentro de campo no estádio Nabi Abi Chedid.

“Acredito que está partida está entre as três piores partidas que fizemos neste campeonato. Só que apesar disso, saímos de lá com os três pontos e é isso que fica marcado. Enfrentamos uma equipe que brigou muito e soubemos fazer o gol na hora certa e controlar. Eles tiveram volume de jogo, mas sempre na periferia, as melhores chances de gols foram nossas. Nós tivemos muitos erros de autoconfiança, de querer fazer algumas coisas diferentes ao invés de fazer o jogo andar”, diz Guto Ferreira.

Quem mereceu os elogios do comandante alvinegro foi a dupla de zagueiros pontepretanos, Tiago Alves e Pablo. “Essa vitória se deve muito ao trabalho dos nossos dois zagueiros que não é de hoje, mas nas últimas três ou quatro partidas, vem sendo os principais jogadores da nossa equipe. Eles estão sendo muito acionados e precisamos buscar melhorar o equilíbrio da equipe para não sobrecarrega-los muito.”

Com o próximo jogo apenas na quinta-feira (26), o treinador espera poder trabalhar bastante para corrigir o time antes de enfrentar o Santos no Majestoso. “Vamos ter muito que conversar e trabalhar durante a semana porque nos treinos os jogadores estão fazendo tudo o que é pedido, mas chega na hora do jogo e não faz e isso deixa o time em más situações”, afirma Guto Ferreira.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS