Técnico interino João Brigatti lamenta empate por 3 a 3 no fim da partida contra o Santo André, mas acredita na classificação

Após o empate contra o Santo André, o técnico interino João Brigatti classificou o empate da Ponte pelo placar de 3 a 3 como decepcionante, mas se mantém confiante na classificação para a próxima fase do Campeonato Paulista. “Temos que pensar no nosso grupo. Restam mais dois jogos e temos que ir em busca das vitórias para conseguirmos a classificação. Faltou muito pouco diante do Santo André e vamos conversar com os atletas para ver o que pode ser melhorado. O tempo de recuperação após o jogo de sábado foi muito curto, atrapalhou e isso pesa bastante. Criamos mais oportunidades, mas não fizemos mais gols e isso faltou no final”, explica.

O treinador acrescenta que o foco agora tem que estar no jogo do final de semana – a equipe voltou a Campinas na noite de ontem e se reapresenta para treinar no CT do Jardim Eulina na tarde de quinta (23). “Temos que pensar contra o Santo Bento. Vai ser difícil, mas temos um tempo maior de preparação. Vamos torcer contra nossos concorrentes, porque também faz parte”, afirma Brigatti.

O técnico interino também fez um balanço dos quatro jogos até o momento em que comandou a Macaca. “Conseguimos a vitória frente ao Ituano, fizemos um excelente jogo contra o Corinthians e se não fosse o primeiro tempo contra o Novorizontino teríamos um resultado diferente. Ontem tomamos um gol no final que nos deixou um gosto amargo”, revela.

Brigatti também destacou dois atletas que retornaram a equipe titular. O volante Élton, após período de contusão, e que deu assistência para Lucca fazer o primeiro gol da Ponte na partida; e Clayson, que não atuou a rodada passada por suspensão e criou muitas ações ofensivas.

“O Élton fez uma excelente partida. Estava muito tempo parado, mas estamos acompanhando nos treinamentos e é um ótimo jogador. Juntamente com o Bob dão equilíbrio a equipe e sabem sair jogando. Reitero que fez uma excelente partida hoje”, diz.

O técnico finaliza falando sobre Clayson. “Ele ajuda bastante e temos que ter um jogador que ataca e acompanha o lateral. E isso ele faz muito bem. Entra técnico e sai técnico e ele permanece como titular da equipe. Temos que enaltecer a qualidades dele. É um jogador que nos ajuda muito e está de parabéns”, completa.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS