Técnico Guto Ferreira afirma: quando há desgaste, conversando se acerta

 

O técnico Guto Ferreira esclareceu ontem à imprensa a razão para a reunião que teve com a diretoria de Futebol alvinegra e o presidente Márcio Della Volpe.
 
“Quando há um problema, conversando a gente se acerta. Tivemos reunião para isso e se havia dúvida foi reparada. O dia a dia gera desgaste e muitas vezes na vida qualquer um preciso rever um pouco o relacionamento com A ou B. Um técnico trabalha em cima de resultados e quando não acontece o que você quer, existe um desgaste”, diz o treinador.
 
Neste caso, acrescenta, é preciso fazer um ajuste. “Quando não acontece o que se esperava, aí todos opinam, analisam e a partir daí se determina de que maneira vai se trabalhar novamente. É como um processo de ISSO 9001: se avalia, planeja, executa e, depois, volta a se avaliar”, compara.
 
O treinador diz que não está pensando em sair da Macaca e agradece o apoio de torcedores ao trabalho que desenvolve, ressaltando que ele não é o responsável pelo sucesso de maneira isolada. “Não é o trabalho do Guto, é o da Ponte Preta. Tem direção, coordenação de futebol, direção executiva, comissão técnica e principalmente os jogadores.”
 
Guto esclarece ainda a proposta que recebeu para comandar uma equipe no futebol do Qatar. “Lá atrás tinha essa proposta e não era o momento, disse que estava junto com a Ponte, com o objetivo de levar o projeto da Ponte até onde ele pudesse ser levado. Acredito neste projeto e estou aqui buscando fazer o melhor por ele”, finaliza.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS