Último jogo:
Ituano 2X0 Ponte Preta

Local: Novelli Júnior

Campeonato Brasileiro | 7ª Rodada | 26/05/2024 - 16:00

Próximo jogo:
Ponte Preta X CRB

Local: Moisés Lucarelli

Campeonato Brasileiro | 8ª Rodada | 02/06/2024 - 16:00

Tales e Thomas Kayck ganham oportunidades e trabalham firme em busca de mais espaço na equipe

A Ponte Preta continua sua intensa semana de atividades com a pausa para Data Fifa. O objetivo é elevar o nível técnico, tático e físico do elenco. E, dentro dessa proposta, também está a competitividade interna entre os atletas que buscam espaço entre os titulares.

Diante do Sport, quem estreou pela Macaca foi o atacante Tales, que entrou no segundo tempo da partida. “Quem acompanha meu dia-a-dia sabe o quanto eu sou focado e o quanto me dedico aos treinos. Venho trabalhando para esta oportunidade faz tempo e espero dar continuidade”, afirma.

O jogador conta como foi a conversa do treinador Felipe Moreira antes de ser relacionado nos últimos dois jogos. “Ele conversou bastante comigo, disse que eu estava trabalhando muito bem, que teria oportunidade e graças à Deus abracei ela”, revela.

Tales destaca que a sensação de ver sendo chamado para entrar no jogo foi incrível, ainda mais perante a torcida pontepretana e destaca o quanto o ambiente interno o ajudou na adaptação ao clube. “Todos me deixam bem tranquilos, me dão todas as assistências e isso é importante para o jogador de futebol. Tenho um carinho grande por todos e vamos seguir firmes”, diz o atacante.

Chances surgindo

Quem também tem ganhado chances é o zagueiro Thomas Kayck. Contra o Mirassol atuou 90 minutos, e diante do Sport, após a expulsão de Fábio Sanches, entrou no intervalo e foi um dos responsáveis pela boa performance do setor defensivo durante toda a segunda etapa.

“Tenho que agradecer a Deus pela oportunidade e tenho cada dia treinando e me dedicado ao máximo. Pude nesses dois jogos cumprir com minha função. Entrei em um jogo difícil contra o Mirassol, assim como contra o Sport, mas pude na medida do possível ajuda a equipe”, afirma o zagueiro, que avalia a competitividade no setor que atua.

“É uma disputa sadia e isso faz parte do futebol. Quando a gente chega em um clube, as vezes um pouco desconhecido, lutamos pelo nosso espaço, por uma oportunidade e quando ela chega temos que agarrar com unhas e dentes”, reforça o defensor.

Thomás também destaca a evolução na zaga alvinegra. “Tem sido trabalhos intensos, específicos para a nossa melhoria, em saída de jogo, também na marcação, para darmos o nosso melhor. Nosso time tem evoluído no setor defensivo e melhorado jogo após jogo, sem sofrer gols e isso tem respaldo do nosso treinador”, completa.

Texto: Thiago Toledo
Fotos: Diego Almeida

Compartilhe em suas redes sociais