Suspenso da primeira partida contra o São Paulo, Adrianinho dá força aos companheiros e faz críticas por Ponte não poder jogar em seu estádio no jogo de volta

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/DJotaCarvalho

Peça importante no grupo do técnico Jorginho, o meia Adrianinho é desfalque para a primeira partida da semifinal da Copa Total Sul-Americana, contra o São Paulo, às 21h50 de amanhã no Morumbi. Isso porque o atleta foi expulso na partida contra o Vélez Sarsfield, na Argentina, quando estava no banco de reservas. Algo que até agora ele não entendeu.

“Foi uma situação à toa. O juiz estava prejudicando nosso time desde o segundo tempo, apitando faltinhas bobas, e eu reclamei. Mas já é passado: temos que concentrar apenas na partida”, afirma o jogador. Adrianinho acredita que a Ponte, apesar do momento difícil no Campeonato Brasileiro, tem condições de fazer um bom jogo na capital, em especial pela garra dos atletas.

“É uma semifinal de campeonato e todo mundo quer jogar. Os jogadores estão com muita sede desse jogo e eu só vou ficar na torcida, para que no jogo da volta eu possa ajudar a equipe a sair classificada”, diz Adrianinho, que critica o fato da equipe campineira ser impedida de jogar em seu estádio na partida de volta da semifinal em virtude de uma solicitação do time adversário a Conmebol.

 “Minha opinião, nessa situação, é que é uma desvantagem grande contra a Ponte Preta. Posso dizer que é até uma sacanagem o que fazem contra a gente. Mas não podemos nos apegar a isso. Temos um jogo em outro campo, pronto. Precisamos é nos importar em botar na nossa cabeça apenas um objetivo, que é sair classificado”, finaliza.

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS