Último jogo:
Botafogo-SP 0X3 Ponte Preta

Local: Santa Cruz

Campeonato Paulista | 6ª Rodada | 07/02/2024 - 19:00

Próximo jogo:
Ponte Preta X São Paulo

Local: Moisés Lucarelli

Campeonato Paulista | 7ª Rodada | 10/02/2024 - 18:00

Supercampeã de atletismo, Odete Valentino Domingos se despede aos 89 anos

Recordista sul-americana no levantamento de peso e nos lançamentos de disco e dardo, marcas conquistadas nas décadas de 1950/60/70, Odete Valentino Domingos, faleceu nesta segunda-feira (27), aos 89 anos de idade, em Campinas. Pontepretana de carteirinha, ela dedicou mais de 50 anos de sua vida ao esporte.

Foi inúmeras vezes campeã dos Jogos Abertos, Regionais, Estaduais e também representando o Brasil em diversas competições internacionais. Depois que se aposentou, Odete continuou sua trajetória esportiva ensinando jovens na Escola Preparatória de Cadetes do Exército de Campinas.

Casada com Argemiro Roque, que hoje dá nome à Praça de Esportes do São Bernardo, a atleta fez parte de uma geração vitoriosa da cidade com nomes como João do Pulo e Conceição Geremias, entre outros, nas décadas de 1960/70/80.


Superação

A história de vida de Odete Valentino é inspiradora. Ele chegou em Campinas no ano de 1951, então com 17 anos, e começou a trabalhar como empregada doméstica. Conheceu o esporte por meio de Argemiro Roque, que foi seu primeiro treinador e com quem logo se casou.

Em 1958, ele se tornava campeã sul-americana e, em 1959, seria campeã pan-americana nos jogos realizados em Chicago, nos Estados Unidos. Chegou a treinar na Alemanha, a convite do comitê local.

Depois de quebrar quatro vezes o recorde sul-americano no lançamento de disco (sua maior especialidade), Odete passou a conviver com sérias lesões. Teve ruptura do tendão de aquiles e precisou retirar os meniscos.

Só conseguiu retornar ao esporte quando já tinha 41 anos de idade. E mesmo assim continuou acumulando títulos, desta vez entre atletas veteranos. Foi campeã mundial no Canadá, campeã sul-americana na Colômbia e, antes de parar de vez, retornou à Alemanha para fazer doutorado em atletismo.


Fotos: Paulo Fleury/Circuito Fechado e Memória Placar
Texto: Paulo Santana
Fonte: PontePress

Compartilhe em suas redes sociais