Titular na última partida, atacante Silvinho vê grupo guerreiro para conquistar resultado positivo nesta quinta

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/DanielRibeiro

A Ponte Preta encara o XV de Piracicaba, nesta quinta-feira (30), às 21 horas, pela 4ª Rodada do Campeonato Paulista e o atacante Silvinho, titular da última partida, já vê evolução no time desde a estreia na competição.  “Esperamos fazer uma boa partida fora de casa. Conseguir chegar aos seis pontos, porque é importante, já que São Bernardo e Santos estão na nossa frente, apesar de termos um jogo a menos. Estamos melhor fisicamente, o jogo vai fluir mais agora que o time está se entrosando e esperamos fazer uma grande partida”, afirma Silvinho.

Ele diz já ter observado o adversário do jogo desta noite, que será no estádio Barão de Serra Negra, em Piracicaba. “Nosso time não vai mudar muito a maneira de jogar. A equipe deles, pelo que já vimos, tem um meia que cria bastante e dois atacantes muito perigosos. Mas vamos avaliar ainda mais o adversário, para saber o que fazer na hora da partida”, diz o jogador.

Silvinho também destaca a briga por uma vaga de titular na equipe, que ainda está em processo de formação. “A briga pela titularidade é saudável. É bom para o treinador ter essa dor de cabeça, para ele não ficar tranquilo, pois tem jogadores de qualidade, como o Ademir –  que entrou e fez um gol importante para nós. Temos que ter jogadores que saiam do banco, sejam utilizados e possam decidir uma partida, como foi no casa do Audax. Acho que é uma briga saudável. O Tchô saiu do time e está treinando muito bem. Quem estiver melhor vai jogar e o importante é a vitória”, enfatiza.

O atacante faz questão de ressaltar o quanto a cobrança do técnico Sidney Moraes tem sido constante. “Antes das partidas ele cobra, apesar de termos dores e isso é normal, que temos que aguentar mesmo com as dores e estar à disposição para jogar. Ele é um treinador que cobra bastante e isso é importante. O último jogo foi muito cansativo para todos, eu saí com câimbra, o Bruno Silva com dor no joelho, o Adrianinho com dor no rosto. Mas foi pela cobrança o time se doou ao máximo e conquistamos a vitória. É claro que quem não tiver condições não vai jogar, mas acho que se aguentar, com certeza vai ajudar”, afirma Silvinho.

Ele destaca a identidade que o time tem que buscar. “Esperamos ter essa cara de time guerreiro. Esperamos ser um time aguerrido, mas qualidade também. Porque um time que só corre não vai para frente”, diz o jogador, que está confiante que dará alegrias ao torcedor pontepretano em breve. “Estou tranquilo quanto a isso. A hora do gol vai chegar. Na hora certa os gols vão começar a sair.”

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS