Democracia alvinegra: mais de 60 pontepretanos já se filiaram ao conselho desde janeiro. Participe você também da vida política do clube

Diferentemente de outros clubes, onde é impossível participar da vida política da instituição, a Ponte Preta é uma democracia aberta: qualquer torcedor alvinegro pode fazer parte do conselho (participando inicialmente das reuniões de maneira consultiva) e, depois de dois anos de filiação e pagando regularmente as mensalidades, pode inclusive votar – e ser votado. Apenas para se ter uma ideia, desde janeiro deste ano, mais de 60 pontepretanos já se tornaram conselheiros.

“Todas as fichas de filiação que recebemos foram aprovadas e todos se tornaram novos conselheiros, não recusamos ninguém, desde que siga o procedimento correto. Vale lembrar que o Conselho deliberativo é um órgão independente da diretoria e coordena todo esse processo de novas filiações, de maneira bastante clara e transparente”, diz Mauro Zuppi, presidente do Conselho Deliberativo.

Os interessados devem requisitar uma ficha de adesão na Sala do TC10+ e têm de ser indicados por alguém que já seja conselheiro e assinará a ficha junto com o aplicante. Após entregue a ficha, será conferida a indicação e a assinatura de quem indicou e o presidente do Conselho irá verificar o histórico do aplicante. “Apenas nos certificamos que não é uma pessoa que torça pra outro time, por exemplo, queremos ter certeza de que, de fato, trata-se de um torcedor alvinegro. Normalmente não há problemas neste sentido”, conta Zuppi

Uma vez aprovado, o aplicante torna-se conselheiro (lembrando que, para manter-se em plenas condições no cargo, deve pagar em dia a mensalidade de R$ 50,00). Como as próximas eleições da Ponte Preta são em novembro de 2017, quem quiser votar ou mesmo compor chapa para disputar eleição deve se filiar até o final de outubro/início de novembro deste mês para participar ativamente das eleições. Não perca essa chance: ajude o time financeiramente e participe de forma ativa da vida política da Macaca!

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS