Macaca faz nesta terça (25) último treino antes de seguir para Santa Catarina pela Sula; Bady diz que está à disposição de Doriva para a batalha em Chapecó

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePreta/ThiagoToledo


O elenco pontepretano faz na manhã desta terça (25) o último treino antes de viajar para Santa Catarina, onde enfrentará na noite de amanhã a Chapecoense pela Copa Sulamericana – parte do treino deverá ser fechado à mídia e público. Para seguir à próxima fase da competição, a Ponte precisa de vitória simples ou empate em 1 a 1 para levar o jogo aos penais (empate em 0 a 0 classifica o adversário e de 2 a 2 em diante, a Ponte).

Para o meia Bady, cotado como titular no confronto, quem entrar em campo contra a Chapecoense fará de tudo para trazer a classificação de volta na mala. “Não sabemos o time que vai para Chapecó, mas  tenho certeza que quem jogar vai dar conta do recado. Nossa equipe estava mais bem preparada fisicamente na última partida do que o nosso adversário”, pontua.

Bady  destaca que, no que depender dele, estará entre os 11. “Jogador quer sempre entrar em campo. Estou em um ritmo muito bom, sei que é importante dosar, mas estou à disposição para a partida. O Doriva tem a última palavra”, sentencia.

 O atleta fala ainda sobre o jogo de domingo contra o Grêmio, enfatizando o  poder de criação da equipe, ainda que a Macaca não tenha conseguido balançar as redes. “Conseguimos criar bastantes oportunidades de gol. Infelizmente foi um dia que a bola não entrou.  A gente tentou muito, mas a bola teimou em não entrar”,diz.  

 

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS