Ponte treina nesta quarta (03) e já segue viagem para Juazeiro do Norte-CE; Rodinei, responsável direto pela última vitória da equipe, vibra com bom momento, mas espera melhor desempenho a cada jogo

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/FábioLeoni

Um dos atletas que ganhou espaço com o técnico Guto Ferreira foi o lateral-direito Rodinei. O jogador tem se destacado a cada jogo com a camisa da Ponte – nesta quarta-feira (03), a equipe faz a última atividade antes de embarcar para Juazeiro do Norte-CE, onde enfrenta o Icasa, na sexta (05). O atleta comemora o bom momento, mas quer ainda mais.

 “A Ponte é o primeiro clube grande em que jogo. Joguei o Paulista pelo Penapolense e não era a mesma mídia, por exemplo. Mas agora, graças a Deus as coisas vêm acontecendo e é pegar firme, com os pés no chão, para ir até o final do campeonato nessa sequência e subir a Ponte para a Série A”, afirma Rodinei, que conta o que mais preocupa em relação ao adversário desta semana.

 “A preocupação é porque o Icasa está na parte de baixo da tabela e não podemos nos acomodar. Estamos fazendo belas partidas dentro de casa, tivemos um deslize fora contra o América Mineiro, e agora é pegar firme para chegar em Juazeiro e conseguir os três pontos. Mas temos que ir concentrados para não dar mole”, alerta o atleta.

Rodinei também avalia esse período de jogos que a Macaca fará no mês de setembro. Do dia 05 ao dia 27 serão sete partidas (três em casa e quatro fora). “Esse jogo de agora é o que teremos o maior período de intervalo de descanso. Depois, ao longo do mês, vamos ter uma sequencia de jogos muito próximos e o professor sempre passa para nós que temos que descansar corpo e mente. É muito importante para que cheguemos nessa toada até o fim do Brasileiro”, ressalta Rodinei, que diz o que o comandante do time tem falado sobre o seu rendimento.

“O professor Guto fala para eu continuar com a cabeça boa, com os pés no chão, que eu tenho potencial e que se eu continuar assim eu vou longe na carreira. Sempre me  passa confiança e vou continuar a escutá-lo para tudo continuar dando certo”, diz o lateral, que finaliza falando da postura confiante do elenco.

“O grupo está tranquilo. Focado no que tem que fazer, pPés no chão. O Tiago Alves e o Roberto, que são líderes, conversam bastante conosco e vamos manter a humildade para continuar nessa sequencia”. 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS