Macaca treina na tarde desta quarta (12) e Rodinei quer ver Majestoso cheio mais uma vez na partida contra o Avaí

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/FábioLeoni

De olho no Avaí, o elenco pontepretano treina nesta tarde no CT do Jardim Eulina e, iplacável na marcação e ainda com fôlego para subir ao ataque, o lateral direito Rodinei  acredita em uma nova vitória em casa na noite de quinta (13) contra o Avaí e quer ver o estádio cheio. “Comemoramos 115 anos nesta semana e queremos dar mais esse presente pra torcida e pra nossa  Macaca Querida. Se não fosse a Ponte Preta eu não estaria onde eu estou hoje e vamos dar tudo por ela.  E convoco o torcedor para nos apoiar, porque jogar com casa cheia como fizemos com o Flamengo é muito bom, é lindo de se ver”, diz.

O jogador, que atuou em todas as partidas da equipe pelo Campeonato Brasileiro até agora, fala um pouco sobre o resultado conquistado no último final de semana. “Foi um jogo muito difícil, fizemos uma grande partida e conseguimos os três pontos. Eles deram trabalho pra mim, mas também dei trabalho para eles. O campeonato é muito difícil e agora só pensamos no Avaí e estamos prestando atenção às instruções do Doriva vai para conseguirmos mais uma vitória”, afirma.  

Para Rodinei, o que mudou da última partida para o jejum de vitórias foi um fato óbvio: a bola entrou. “Futebol é assim. Sai um treinador, entra outro.  É vida que segue, o Guto saiu o Doriva chegou para ajudar a equipe. Contra o Flamengo entramos com mais atitude, mas esquema não mudou nada. O ambiente sempre é bom, continua o mesmo. A diferença é que a bola entrou e conseguimos os três pontos”, pontua.

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS