Roberto Nishimura faz avaliação positiva da cirurgia feita na tarde desta terça (7) em João Vitor

O atleta João Vitor passou por cirurgia na tarde desta terça-feira (7), após a fratura no tornozelo direito, no jogo contra a Ferroviária no último domingo (5). Após a lesão, o diagnóstico foi feito através de radiografia e prontamente encaminhado à Santa Casa de Valinhos, onde foi realizada a cirurgia de fixação dessa fratura.

 

“Foi uma fratura do maléolo lateral do tornozelo direito. A cirurgia foi comandada pelo doutor Sérgio Rosa, que é chefe de ortopedia da Santa Casa de Valinhos e do Mário Gatti. E ocorreu sem nenhuma intercorrência. A cirurgia foi um sucesso. Estará internado até amanhã pela manhã e ficará imobilizado até a cicatrização dos pontos, em torno de duas semanas, para então iniciar um processo de recuperação”, explicou o doutor Roberto Nishimura, que acrescenta.

 

“A idéia é que na próxima semana já o João comece a fazer alguns trabalhos de fisioterapia e de drenagem de imobilização do tornozelo. Previsão de tratamento é em torno de dois meses para consolidação da fratura. A partir desse período vai para os trabalhos de campo, no inicio de processo de transição. O tempo de afastamento estimado é em torno de três meses a três meses e meio”, diz o médico.

 

O coordenador do Departamento Médico da Macaca reforça a importância do procedimento feito no atleta. “Com a cirurgia nós promovemos uma recuperação mais rápida, principalmente no condicionamento físico e muscular. Desta forma conseguimos trabalhar as outras articulações, poupando apenas o tornozelo. Ele não vai ficar parado esses dois meses, mas sim trabalhar as outras valências condicionantes do seu corpo, para que ele não perca o condicionamento físico”, completa Nishimura.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS