Atletas chegam a Campinas e entram em férias; capitão Roberto agradece o torcedor e diz: “agora é chorar um pouco, deixar a tristeza extravasar e seguir a vida”

Crédito obrigatório para reprodução das fotos:
PontePress/DJotaCarvalho

O elenco pontepretano retornou de Buenos Aires após a partida contra o Lanús e chegou a Campinas no início desta tarde. Os jogadores já entraram de férias e se reapresentarão no Majestoso apenas no dia 2 de janeiro, às 16 horas. Na chegada à cidade, por volta das 13h10, o clima no Gorilão era de tristeza e reflexão.

“Merecíamos mais pelo que fizemos, eliminamos dois grandes, mas o Lanús foi superior. Agradeço muito ao torcedor pelo apoio que nos deu e peço desculpas por não termos conquistado o título, mas agora é chorar um pouco, extravasar a tristeza e seguir a vida”, diz o camisa 1.

 

O volante Baraka também se diz triste pelo sonho não realizado de ser campeão. “Nosso objetivo era conquistar esse título, mas foi uma final difícil, um jogo de detalhes, e isso acabou não acontecendo. Sei que é difícil falar nisso agora, mas nosso torcedor tem que acreditar em coisas melhores que virão para a Ponte Preta.”

O também volante Ferrugem, eleito melhor jogador da Ponte em campo ontem pela Conmebol, sequer conseguiu se alegrar com a premiação. “Gostaria de estar sorrindo por ter ganho esse troféu, mas não consigo. Foi um ano difícil, tanto para mim quanto para a Ponte, e esse final era especial. Deixamos a desejar, talvez tenha faltado um pouco de sorte e experiência, mas a triste verdade é que o Lanús foi superior e mereceu o título”, conclui. 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS