Retrospectiva da Macaca 2013: em junho, juniores mudam para o Majestoso, Guto sai e Carpegiani chega, Jeferson é convocado pela quarta vez para a Seleção e Carnielli se torna presidente de honra

O site oficial da Ponte Preta dá continuidade hoje à retrospectiva 2013, abordando os principais acontecimentos do mês de junho, que se iniciou com a mudança do SUB20 para o Majestoso: para proporcionar uma maior integração com o time profissional, os Juniores passaram a morar nos alojamentos do estádio. “O SUB20 já treina constantemente com o profissional e, ficando em Campinas, será possível intensificar essas atividades, poupar tempo com deslocamentos e ainda possibilitar que a Comissão Técnica do profissional tenha uma maior facilidade para observação dos jovens atletas”, disse então Francisco Kiko Marques, diretor da base alvinegra.

No dia 6, mudança no comando do time: em reunião com a Diretoria de Futebol, dirigentes alvinegros e o próprio treinador definiram a saída dele do cargo. “Agradecemos muito ao Guto pelo trabalho que ele realizou, em especial no Campeonato Paulista, no qual registrou marcas inéditas com a Ponte e conquistou o título do Interior. No entanto, conversamos e chegamos à conclusão que é o momento de mudar o comando, com o objetivo de promover uma oxigenação na equipe”, justificou o então Executivo de Futebol Ocimar Bolicenho.

No dia 8, o elenco alvinegro ganhou férias: sem nenhum compromisso profissional em virtude da Copa das Confederações, o grupo foi liberado para se reapresentar apenas  no dia 20 de junho, quando se iniciou a segunda etapa da parada: a intertemporada em Águas de Lindóia. Enquanto isso, no estádio, ocorreu o VI Encontro de Gestores de Gestores do Futebol de Base, com cerca de 70 representantes da base de times profissionais que disputam a série A e B do Brasileirão, e ainda de alguns integrantes da série C. Entre as novidades do encontro, primeiro realizado fora de uma capital brasileira, estava a proposta de que seja realizado em 2014 um campeonato entre seleções estaduais SUB17.

 

Com o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil parados por causa da Copa das Confederações, a administração do Majestoso também aproveitou a ausência de jogos para colocar a casa – ou melhor dizendo, a grama – em ordem. Trabalhos de corte, compactação e tratamento do gramado foram realizados para que o campo estivesse melhor em julho, quando a bola voltasse a rolar no Moisés Lucarelli.

Outro que não teve descanso foi o lateral Jeferson, então com 16 anos, que recebeu em junho a quarta convocação para a Seleção Brasileira SUB17 (desta vez, para atuar na Copa Nordeste). Além disso, o jogador recebeu uma "promoção" para atuar nos Juniores pelo Campeonato Paulista, com direito a muitos elogios do técnico Zé Sérgio.

Ainda em junho, o técnico Paulo César Carpegiani chegou ao Majestoso. Muito elogiado pela imprensa esportiva, ele prometeu empenho e disse que desejava um futebol compacto. “Não mediremos esforços para, no mínimo, esta instituição e a torcida serem representadas como devem. Se vamos vencer ou não veremos em campo, mas vamos buscar resultados. E temos que ser rápidos, não gosto de estabelecer prazos, mas creio que temos dois meses para alavancar a equipe e estar lá por cima da tabela", afirmou logo na primeira coletiva.

 

Outros três fatos significativos finalizariam o mês. Em reunião realizada no dia 24, o Conselho Deliberativo da Ponte Preta aprovou por unanimidade a concessão do título de presidente de Honra ao conselheiro alvinegro Sérgio Carnielli. “Fico muito feliz e orgulhoso em poder ser homenageado. Isso me incentiva ainda mais a trabalhar pelo meu clube do coração, como sempre fiz e sempre farei”, disse Carnielli.

 

Também foi criada a Ponte Preta Tour, uma parceria da Macaca com a Futebol Tour que passou a oferecer desde visitas ao Majestoso até pacotes para torcedor ver jogos fora. Por fim, a PonTV consolidou sua programação, que passou a ser diária.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS