Retrospectiva da Macaca 2013: em julho, Uendel veste a camisa 100, Ferrugem faz trabalho de transição, muda a entrada do TC10+ e Ponte confirma vaga na Sul Americana

O site oficial da Ponte Preta dá continuidade hoje à retrospectiva 2013, abordando os principais acontecimentos do mês de julho, quando a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro se reiniciaram após a parada da Copa das Confederações. Logo no início, novidades no Majestoso: na partida contra o Nacional pela Copa do Brasil, o Torcedor Camisa 10+ Arquibancada passou a ter nova entrada no Estádio Moisés Lucarelli, pelo portão de acesso 10. Também foi inaugurado o novo vestiário visitante, com túnel ligando o vestiário do oponente diretamente ao campo pelo lado oposto ao dos portões principais. 

 

No mesmo mês, boas novidades para o volante Ferrugem, que havia sofrido séria lesão no mês de março. Nos treinamentos que antecipavam o jogo contra o Bahia, o jogador já está fazendo treinamentos de transição. “Estou me sentindo muito bem, é maravilhoso estar voltando depois de tanto tempo longe do grupo. Todos os colegas estão me dando muita força, fui muito bem recebido e não vejo a hora de voltar a entrar em campo e dar alegria a esta torcida fantástica da Ponte, que tanto me apoiou neste período em que estou me recuperando”, dizia o atleta.

 

Outro destaque ocorreu no dia 13, quando o lateral Uendel entrou em campo (contra o Bahia) pela centésima vez com camisa alvinegra. Na Macaca desde 2011, Uendel comemorou a marca. “É a primeira vez que atinjo essa marca na carreira e sei o quanto é difícil conseguir. Hoje em dia não temos muitos jogadores que ficam três ou quatro temporadas atuando no mesmo clube. Aqui na Ponte temos eu, o Ferron e o Adrianinho. Fico muito feliz e honrado de poder ter essa marca ainda mais em clube da grandeza da Ponte. Todos esses jogos foram especiais para mim e tenho certeza que esse também será”, afirmou antes de entrar em campo.

No final do mês, a Ponte viajaria ainda para Manaus com time misto, que acabou eliminado da Copa do Brasil ao perder por 1 a 0 do Nacional. Com isso, a Macaca confirmou a vaga na Sul Americana, já que as regras da CBF impediam participar da próxima fase da competição nacional e da internacional ao mesmo tempo.

 

Fora dos campos, os preparativos para a festa dos 113 anos iam de vento em popa, com Flávio Prado tendo confirmado standup, um Clio 0 km confirmado para sorteio entre os presentes e o neto do presidente pontepretano Pedro Pinheiro, Edu Pinheiro, confirmado como mestre de cerimônias da festa.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS