Último jogo:
Botafogo-SP 0X3 Ponte Preta

Local: Santa Cruz

Campeonato Paulista | 6ª Rodada | 07/02/2024 - 19:00

Próximo jogo:
Ponte Preta X São Paulo

Local: Moisés Lucarelli

Campeonato Paulista | 7ª Rodada | 10/02/2024 - 18:00

RETROSPECTIVA 2023: Título que não vinha há quase 54 anos, bloqueios judiciais superados e luta até a última rodada para permanência na Série B: 2024 será melhor!

A Ponte Preta viveu um ano de forte emoções dentro e fora de campo em 2023. Foi mais um ano que serviu para mostrar ao mundo do futebol que viver a Macaca não é para qualquer um.

TITULO ESTADUAL

A temporada começou com grandes resultados dentro de campo com o time se destacando na Série A2 do Campeonato Paulista. Conquistou o título, algo que não se via no Majestoso desde 1969. Teve apenas uma derrota em 15 jogos e colocou meio time na Seleção da competição. Destaques para o meia Elvis, craque do ano, e para o atacante Jeh, revelação da Série A2. De quebra, levou um carro avaliado em cerca de R$ 150 mil e mais um prêmio de R$ 280 mil.


BLOQUEIOS DE CONTAS

Fora de campo, a Ponte sofreu com bloqueios de contas e transferban por conta de ações movidas por ex-dirigentes, atletas e treinadores, que passaram pelo clube em gestões anteriores.

PAGAMENTOS

Mais de R$ 3 milhões tiveram que pagos aos credores, além dos valores já comprometidos com outras contas gerenciadas pela diretoria. Isso atrapalhou sobremaneira a contratação de atletas para a Série B do Brasileiro que se aproximava.


VITÓRIAS NA JUSTIÇA

Ainda no âmbito da Justiça Trabalhista, a Ponte Preta conseguiu a aprovação do PEPT (Programa Especial de Parcelamento Trabalhista), uma inédita decisão permitindo a reunião de todos processos trabalhistas em uma única ação para serem pagos em 72 meses. Desde então, o acordo vem sendo cumprido rigorosamente em dia.


DIFICULDADES E LESÕES

A Macaca, com a base campeã da A2, iniciou a Série B até com certo rendimento razoável. Mas, sem reforços à altura da competição e com jogadores importantes se lesionando seguidamente – Junior Tavares, Pablo Dyego, Jeh, Jean Carlos, entre outros -, a equipe caiu de rendimento.


TROCAS DE TREINADORES

Essa queda acabou resultando em sucessivas trocas de treinadores. Depois de Hélio dos Anjos, que pediu demissão logo após a primeira rodada, a Macaca contou com Felipe Moreira, depois veio Pintado e, posteriormente, teve a volta de João Brigatti, que havia sido contratado para ser coordenador.


RAÇA PONTEPRETANA

Na reta final, Brigatti mostrou toda sua competência e garantiu a permanência da Ponte Preta na Série B com resultados expressivos nas últimas rodadas. A maior de todas, certamente, foi a goleada de 3 a 0 sobre o CRB na última rodada com mais de 12 mil apaixonados torcedores fazendo a festa nas arquibancadas do Majestoso.

ESPERANÇA RENOVADA

A Ponte Preta encerra 2023, seguramente melhor do que iniciou. A esperança é que 2024, a Macaca consiga fazer um grande Campeonato Paulista em seu retorno à Série A1 e que também brigue pelo acesso na Série B do Campeonato Brasileiro.


SEIS CONTRATADOS

E o torcedor pode ficar tranquilo porque a Diretoria Executiva está trabalhando forte para renovar o elenco e trazer peças de qualidade e que possam ajudar na próxima temporada. Pelo menos seis atletas já foram contratados e outros estão em fase de negociação.


MENSAGEM FINAL

“Sabemos que existem problemas, mas estamos trabalhando fortemente para que tudo seja resolvido e que a nossa amada Ponte Preta volte a ser o que sempre foi até um passado recente: uma agremiação, forte, sólida, unida, competitiva e vibrante. Feliz Ano Novo! Paz e prosperidade a todos”

Marco Antonio Eberlin
Presidente da Associação Atlética Ponte Preta

 

 

 

Compartilhe em suas redes sociais