Macaca se reapresenta na quarta e Gustavo Bueno fala sobre fortalecimento do time para a série A

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/DJotaCarvalho

Após o bom jogo – e a injusta eliminação – nas quartas de final do Paulistão, o elenco pontepretano terá uma folga de alguns dias para descansar. O time volta a se apresentar para treinamentos na quarta (15), de olho no próximo embate pela Copa do Brasil – Boa/MG e Moto Club/MA decidem a vaga para enfrentar a Macaca também neste dia 15 – e no Campeonato Brasileiro da série A, cuja estreia alvinegra está marcada para o dia 10 de maio contra o Grêmio na arena adversária. Para disputar esta última competição, a equipe passará por algumas reformulações.

“Estamos fortalecendo a equipe e acredito que ao longo da semana teremos alguns anúncios. A Ponte só fala com contratado assinado, mas temos duas situações bem encaminhadas e no mais tardar terça ou quarta passaremos isso”, diz Gustavo Bueno, gerente de Futebol alvinegro, sem revelar nomes ou posições.

“Posso dizer que são atletas com bagagem e know how de série A,e creio que irão agradar. Não estamos falando necessariamente de renome, até porque ter nome nem sempre resolve em campo, mas entendemos que há necessidade de qualificar ainda mais o elenco e não de quantificar”, pontua.

O técnico Guto Ferreira já disse acreditar que cerca de seis jogadores devem ser contratados para que a equipe faça um bom campeonato e garanta sua manutenção na série A. Gustavo Bueno partilha da ideia. “Temos plena consciência desta necessidade, bem como do fato de que a Ponte hoje está em um nível bom tecnicamente. Muitas vezes as pessoas não vêm isso porque costumam nos comparar com equipes como Corinthians ou Cruzeiro, mas acredito que tenhamos de ser comparados a equipes que estão no mesmo cenário financeiro e, neste caso, creio que estamos na frente destas equipes e mostramos isso no último sábado”, afirma.

Bueno acrescenta que mais uma vez pretende manter a boa espinha dorsal do time, como foi feito na transição do Brasileiro do ano passado para o Paulista deste ano, bem como prevê algumas saídas de jogadores que não serão utilizados. “Já conversamos com representantes de atletas de nossa equipe que foram procurados por outras agremiações para que eles sejam mantidos aqui e tenhamos uma base boa. Quanto a saídas, todos sabem que a Ponte tem um orçamento limitado, portanto se haverá jogadores chegando, teremos que abdicar de outros atletas que, por uma razão ou outra, não renderam o que se imaginava.”

Ele ressalta que no momento não serão antecipados nomes de quem deixará o time. “Até por uma questão de respeito, vamos conversar primeiro com atletas e representantes, tanto eu quanto o Guto. Alguns jogadores terminam contrato e não serão renovados, outros têm acordos mais longos e se tiverem que sair tentaremos compor uma situação ideal”, finaliza.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS