De volta à Ponte, meia Ravanelli fala sobre experiência pela Seleção Brasileira SUB 20

 

Foto: PontePress/ThiagoToledo

 

O meia Ravanelli voltou aos treinamentos na Ponte Preta, após ter defendido a Seleção Brasileira SUB 20, no Chile, que se sagrou campeã do Quadrangular de Seleções. O atleta se mostrou muito feliz com a experiência e com o que mostrou defendendo seu país.

 

“Gostei bastante de ter participado desse torneio no Chile. Foi uma experiência muito boa. Fizemos três partidas, ganhamos duas e empatamos outra. Foi muito importante para a minha carreira. Na primeira partida contra o Equador eu entrei durante o jogo, na segunda eu fui titular contra o Uruguai e na terceira eu entrei contra o Chile, que era o time da casa”, diz o jogador, que não foi o único a debutar com a amarelinha.

 

“Foi a minha primeira vez, mas eram muitos que estavam estreando também. Foi tudo tranquilo e vários atletas tiveram que se apresentar na hora do almoço”, conta Ravanelli, que já era amigo de alguns dos novos companheiros. “Tinham jogadores lá que eu conhecia. Um que inclusive jogou aqui na Ponte comigo no SUB 20, o Giovani, que está no Atlético Paranaense e outros de ter jogado contra. Fiz bastante amizade. Foi uma experiência muito boa”, revela.

 

O meia disse também que gostou bastante do trabalho do técnico Rogério Micalle. Segundo Ravanelli, o treinador entende bastante os atletas e isso é importante. Mas, passado o período no Chile, o atleta já se enquadrou novamente com os profissionais da Macaca. “Tem uns que me chamam de juvenil ainda, mas todos me parabenizaram pela conquista com a Seleção Brasileira”, comemora o jovem, que fala sobre o confronto da Ponte contra o São Paulo.

 

“Vai ser um jogo bastante complicado no Morumbi, mas estamos treinando para fazer uma grande partida lá e conseguir a vitória”, completa.

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS