Com chance entre os titulares, Raphael Silva quer mostrar bom futebol nesta noite em Bragança

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/ThiagoToledo

Após a suspensão de César, expulso diante do Oeste na última rodada, abriu-se uma vaga na zaga da Ponte Preta. Raphael Silva, que entrou no jogo passado para preencher o setor, foi definido pelo técnico Vadão para suprir a ausência de César, diante do Bragantino, nesta quarta-feira (05). O atleta quer usar a chance para mostrar que tem condições de também ser titular do time, se assim o técnico Vadão quiser.

“Fico feliz por concretizar essa oportunidade. Espero fazer um bom jogo e poder dar o meu melhor junto com a equipe em Bragança. Tanto o César quanto o Diego Sacoman me desejaram sorte e espero corresponder”, diz Raphael, que quer botar uma “dor de cabeça boa” no técnico da Macaca.

“É sempre bom aparecer essas oportunidades. Acho que se fizer um bom jogo será interessante para por um trevo na cabeça do professor Vadão. Mesmo não jogando procuro incentivar e desejar boa sorte à todos, pois acho que isso é válido. Sou um jogador determinado”, afirma o zagueiro.

O defensor acredita que o jogo contra o Bragantino não será fácil, mas sabe que a Ponte é capaz de conseguir um bom resultado. “Eles usam muito a bola aérea. Temos que tomar total atenção nessas jogadas para não sermos surpreendidos”, explica o jogador, que reconhece que outra dificuldade para o jogo pode ser o menor entrosamento com o parceiro de zaga Diego Sacoman.

“Ali vamos ter que improvisar. Será conversando bastante, se ajudando, que vamos procurar evitar que nada de errado aconteça”, ressalta o zagueiro. Ele também se diz contente com a ascensão do time no Paulistão.

“Foi um bom crescimento. Acho que no início houve uma desconfiança de todas as pessoas, mas conseguimos reverter isso e hoje temos uma grande chance de classificar para a próxima fase da competição”, completa Raphael.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS