Pugilista apoiada pela Ponte Preta fatura medalha de ouro nos Jogos Sul Americanos do Chile

 

 

A décima edição dos Jogos Sul Americanos realizada no Chile terminou na última terça-feira (18) e o Brasil conquistou a primeira colocação no quadro de medalhas. Foram 258 medalhas no total, 79 de bronze, 69 de prata e 110 de ouro. Um desses ouros veio pelas mãos da pugilista Flávia Figueiredo, atleta apoiada pela Ponte Preta.

“É uma sensação indescritível com palavras, a realização de um sonho. Tinha enfrentado a adversária da final no Torneio Independência na República Dominicana e perdi na semifinal. Dessa vez treinei mais para conquistar o ouro e meus técnicos me instruíram muito bem para poder dominá-la no ringue”, diz Flávia.

A lutadora treina na cidade de Campinas com o apoio do treinador Luiz Fernando Caetano e faz parte do projeto da Macaca que incentiva esportistas de outras modalidades que não o futebol. Além do grupo de boxe, a Ponte apoia também a equipe da Taekwondo capitaneada pelo mestre Tilico.

“O boxe aqui da região é muito carente de apoio e a Ponte Preta veio justamente para completar o que estava faltando. É um incentivo muito grande para os atletas da modalidade que não tinham esse tipo de ajuda por aqui”, comenta a lutadora Flávia Figueiredo.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS