Pronto para estrear no comando da Macaca, Carpegiani destaca: temos a obrigação de ir lá e ganhar

 

O treinador Paulo Cesar Carpegiani chegou à Ponte Preta durante a parada no Campeonato Brasileiro. O novo comandante alvinegro trabalhou durante a intertemporada na cidade de Águas de Lindóia e durante esta semana em Campinas. Prestes a dirigir o time em sua primeira partida oficial neste sábado contra o Náutico, ele fala sobre a expectativa da estreia. “Quem não sente uma apreensão, um frio na barriga, pode largar. Isso faz parte do nosso organismo, mas esse sentimento não pode ser maior do que outras coisas, ou vai acabar prejudicando. Temos que ser frios e calculistas dentro de campo.”
 
O estilo de treinamentos de Carpegiani é bem característico. A todo o momento durante os trabalhos ele para as jogadas para conversar e orientar os jogadores. Isso já rendeu até um apelido ao treinador: Chático, uma mistura de chato com tático. “Os jogadores não gostam desse tipo de treinamento, porque para muito e irrita. Apesar disso, é fundamental. O habito de fazer a coisa e a repetição é que dá confiança e conhecimento da função. Cada posição tem suas características diferentes e a dinâmica do time quem da são os treinadores. A diferença entre os treinadores está na dinâmica que cada um implementa na equipe e isso vem nessa parte do trabalho. Estamos dando condições deles terem confiança de jogar e se posicionar corretamente”, diz Carpegiani.
 
O novo comandante da Macaca conta que gosta de montar um time que encare todos os jogos da mesma forma. “As minhas equipes não mudam de acordo com o adversário, seja em casa ou fora, a obrigação de ganhar é a mesma. Nem sempre se vence, mas eu prefiro sempre correr o risco de buscar a vitória. Um time que tenha pretensões tem que saber marcar pressão e empurrar o adversário para trás, mas esse estágio de compactação leva um tempo para ser atingido. Acredito que hoje estamos preparados para buscar um resultado e temos a obrigação de ir lá e ganhar.” 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS