Promovido em definitivo ao profissional, Yuri agradece a oportunidade e se diz preparado para enfrentar os desafios ao longo de 2018

Crédito obrigatório:
PontePress/Semedo

O ano de 2018 começou muito bem para o atacante Yuri. Destaque da base da Ponte Preta, o atacante que já havia sido utilizado algumas vezes no elenco profissional, foi promovido em definitivo pelo técnico Eduardo Baptista para a temporada desse ano. A princípio Yuri disputaria a Copa São Paulo de Juniores, mas foi avisado para se apresentar junto com o elenco profissional da Macaca.

Artilheiro do Paulista SUB20 em 2017, Yuri ressaltou o orgulho e a responsabilidade de fazer parte do elenco pontepretano. “Eu me sinto bem realizado de ter essa oportunidade de subir ao profissional novamente. Agora em definitivo. Era a nossa meta. Nós passamos pela base até chegar ao profissional.  E agora que estou tendo essa oportunidade, estou trabalhando bastante e dando o máximo para conquistar essa camisa número nove.
Na verdade a vida do jogador é um processo. Foi essencial a minha descida. Foi tudo bem projetado. Me beneficiou bastante, pude disputar o Paulista SUB20, ser artilheiro e voltar mais maduro de quando eu desci. O Eduardo gosta bastante dos garotos da base, nos motiva e isso nos torna mais capacitados para o profissional”.

Yuri afirmou que uma oportunidade no profissional é o sonho de todo jogador da base, afirmou se espelhar em atacantes pontepretanos que fizeram sucesso na Macaca. “A base precisa de oportunidade, e a diretoria está apostando na gente, investindo na gente, e isso é essencial e cada vez mais estamos trabalhando para mostrar o nosso trabalho no profissional. O Luis Fabiano e o Roger são bons exemplos na minha posição. É bom se espelhar neles. São goleadores e isso é importante. Creio que o nosso ano será excelente. Vamos nos fortalecer e focar no ano que vamos nos fazer”.

O atacante afirmou que a Ponte será uma equipe aguerrida na busca dos objetivos e demonstrou felicidadeao ver colegas da base no elenco principal. “Independente de como esteja o time, a Ponte sempre vai entrar para lutar e buscar títulos e não para ser mais uma equipe. Se tem mais garotos, vamos com tudo, a equipe está forte e vamos entrar para lutar com quem quer que seja. Eu me alegro bastante em ver outros garotos que estavam comigo na base subindo também. Quero que outros possam ter essa oportunidade. Porque a meta é essa. Quanto mais, melhor”, finalizou. 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS