Erros do juiz no jogo contra o Inter: presidente Vanderlei fala com FPF e Del Nero, que afirma que chamará reunião com arbitragem ainda nesta segunda (25)

Além da representação que está protocolando junto à CBF nesta tarde, em protesto contra a arbitragem desastrosa da partida de domingo contra o Internacional (na qual o juiz Leonardo Cavaleiro  não validou um gol legítimo da Ponte e dois pênaltis claros a favor da Macaca), o presidente pontepretano Vanderlei Pereira já entrou em contato nesta manhã com a Federação Paulista de Futebol (FPF) e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pedindo providências em relação ao episódio.

“Falei logo cedo por telefone, longamente, com o presidente da FPF, Reinaldo Carneiro Bastos, e com o presidente da CBF, Marco Pólo Del Nero. Ambos já sabiam o motivo da minha ligação, a arbitragem que nos prejudicou neste domingo, pois já tinham visto matérias e imagens sobre o que ocorreu. Eles entenderam nossa queixa como legítima”, pontua Vanderlei.

Ele explica que Del Nero afirmou, inclusive, que irá chamar uma reunião ainda hoje (25) com o departamento de arbitragem para mostrar as falhas cruciais ocorridas na partida, que devem ser evitadas por todo e qualquer juiz de futebol. “Concordamos ao telefone que a atuação do juiz no domingo deixa claro que ele não tem capacidade profissional para atuar em uma partida de série A. O presidente Del Nero disse que estará aguardando a representação oficial e medidas serão tomadas”, finaliza o dirigente alvinegro.  A Ponte solicita na representação para que o árbitro nunca mais apite nenhum confronto do time.

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS