Preparador físico Juvenilson destaca importância da pré-temporada: equipe segue no dia 12 para Itu

Foto:PontePress/DiegoAlmeida

 

A Ponte Preta segue na semana que vem para Itu, onde ficará concentrada em pré-temporada até o dia 23 realizando um trabalho que é crucial para uma boa atuação no Campeonato Paulista, como explica o preparador físico Juvenilson Souza. Ele explica que o foco dos trabalhos de preparação neste período é para nivelar o nível físico dos atletas no patamar mais alto possível.

“Como já era esperado, num grupo d e 30 e poucos atletas há uma heterogeneidade maior nesse início de trabalho. Alguns já se apresentaram em uma condição satisfatória, outros estão um pouco abaixo, algo natural após um período sem atividade. É justamente por isso que a  pré-temporada é fundamental , para equilibrar elenco em termos físicos”, enfatiza.

Ele ressalta que o melhor cenário seria uma pré-temporada um pouco mais longa, o que infelizmente não ocorre no Brasil por causa do calendário. “Três semanas e meia não é o suficiente, o ideal seriam quatro a seis, mas essa não é a nossa realidade no país, então vamos trabalhar firme pra que a maioria dos atletas esteja à disposição no primeiro jogo”, diz.

Questionado especificamente sobre as condições físicas do zagueiro Dedé, o preparador faz uma avaliação positiva. “Trabalhei em duas outras ocasiões com o Dedé, no Vasco e no Cruzeiro. Ele é extremamente profissional e chegou muito motivado pra vestir a camisa da Ponte e retomar a carreira. Os exames dele foram bastante satisfatórios, tendo em vista que ele já vinha se preparando no Vila Nova e vamos dar continuidade a eles. Tudo depende de como o jogador se desenvolve neste período, mas se ele não estiver pronto para o jogo de estreia, estará o mais rápido possível para a sequência”, afirma.

Ele explica, porém, que neste momento não é possível cravar quais atletas serão considerados aptos para enfrentar o Palmeiras na primeira rodada, na noite de 26 de janeiro. “É muito cedo para dar essa informação, temos que aguardar as respostas aos treinamentos, a cada dia, e então poderemos levar os dados para a Comissão Técnica. Difícil afirmar agora quem vai estar à disposição, mas mais pra frente saberemos”, conclui.

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS