Pottker afirma que vai lutar com todas as forças para ser campeão pela Ponte e foca em mentalidade positiva para duelo contra o Palmeiras

 

Foto: PontePress/FábioLeoni

O atacante Pottker vive um grande momento na carreira e, após ter sido o artilheiro do Campeonato Brasileiro 2016, segue firme na briga pela artilharia o Campeonato Paulista 2017, no qual lidera com 9 gols ao lado do são paulino Gilberto. Mas, não é só fazer gols que motiva o atacante, ser campeão é um objetivo, ainda mais com a camisa da Macaca.

 

“Vou lutar com todas as minhas forças, para sair daqui com esse título, até porque eu sei que marca na carreira, ainda mais em um clube com a Ponte Preta. Todos estão com esse pensamento de conquistar. Essa é a mentalidade e vamos atrair coisas boas para enfrentar o Palmeiras nesse sábado”, enfatiza o jogador, que destaca que o foco é só na última partida da semifinal.

 

“Não tem nada melhor do que pensar o que tem que fazer nesse jogo e, só depois, se passarmos de fase, pensar na partida seguinte. Temos que ter algo em nossas mãos para poder pensar diferente. Enquanto isso, vamos pensar no que temos, que é o Palmeiras”, acrescenta.

 

O artilheiro ressalta que o adversário desse sábado vem forte para tentar reverter o placar, feito pela Macaca na primeira partida. “Eu imagino o quanto eles devem estar mordidos. Agora tiveram uma semana de descanso e vão estar 100% para o jogo. Temos que entrar ainda mais ligados. Na semana passada eles tiveram jogo na quarta-feira, se desgastaram e nos enfrentaram um pouco cansados. Agora descansados imagina como vai estar lá, no sábado, com 40 mil pessoas gritando a favor deles. Vamos trabalhar contra tudo e contra todos”, acredita o jogador, que apesar da dificuldade, quer ver o time com personalidade.

 

“Não podemos ficar morosos na partida. Não é porque temos os pés no chão, que vamos ficar relaxados. Vamos entrar fortes na dividida ao longo da partida e concentrados para buscarmos o nosso melhor”, confia o camisa 9, que também valoriza seus colegas defensores.

 

“Vale frisar que estamos tomando poucos gols. Dou os parabéns para a nossa equipe, pelo nosso setor defensivo, que nos últimos seis jogos, tomaram apenas dois gols. Então é um ponto positivo para nós e vamos para lá na busca de chegar à final”, destaca.

 

Apesar do bom momento da equipe, Pottker conta que, ao longo da trajetória desse Paulistão, houve dificuldades. “Eu sempre achei que nosso time tinha capacidade, mas cometemos alguns deslizes que vai tirando um pouco da nossa confiança. Mas contra o Corinthians, em casa, vimos que éramos capazes de ir além. Começamos a atrair coisas boas, o professor Gilson Kleina incutiu pensamentos bons na nossa cabeça e isso atrai. Fechamos com ele e hoje estamos colhendo frutos do que acreditamos”, revela o atacante, que conclui.

 

“Aprendemos muito com as pancadas que sofremos e agora temos que aprender com coisas boas. O que passou ficou para trás. Inclusive, quando empatamos contra o Santo André, a torcida estava nos esperando para nos bater. Claro que acho isso muito injusto, não serve de lição, mas aprendemos até com pancadas da imprensa, que desacreditava da nossa equipe. Mas estamos provando para quem não acreditava que somos humildes sim, porém, uma equipe muito aguerrida”.

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS