Protegidos da vista alheia e da Anhanguera, portugueses fazem o primeiro treino no CT na manhã desta sexta 13

Crédito obrigatório para reprodução
das fotos: PontePress/NelsonLopes

A seleção portuguesa faz na manhã desta sexta (13) o primeiro treino no CT do Jardim Eulina e, diferentemente de ontem, quando tudo foi visto em detalhe pelos dez mil expectadores que estiveram no Majestoso, a atividade de hoje tem sigilo garantido. As placas que impedem a visão e abafam o som da Anhanguera – e que na segunda-feira, data da abertura do Centro de Treinamento não haviam sido colocadas para que a imprensa pudesse fazer as últimas imagens de fora – agora bloqueiam totalmente qualquer captação de imagem externa.

O treinamento está marcado para às 10h30 e o técnico Paulo Bento poderá, se quiser, permitir filmagem de parte da atividade. No entanto, inicialmente o treinador já havia antecipado que a ideia é que haja no máximo 15 minutos diários de captação de imagem e, para isso, os jornalistas serão levados de van do Centro de Imprensa para a beira do campo. A barraca que abriga mais de 400 profissionais fica distante do gramado, além de existir um ribeirão dividindo as áreas.

Também é impossível enxergar o campo do Centro de Imprensa, já que os alambrados são cobertos por  um tecido escuro que impede a visão também do lado interno. Assim, o único jeito é atravessar a ponte – o que só é permitido com autorização expressa de Bento – e depois ser levado de volta para a barraca.  

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS