Por unanimidade, Conselho Deliberativo nomeia Sérgio Carnielli como presidente de honra da Ponte Preta

 

Em reunião realizada nesta segunda (24), o Conselho Deliberativo da Ponte Preta aprovou por unanimidade a concessão do título de presidente de Honra ao conselheiro alvinegro Sérgio Carnielli. A honraria foi concedida oficialmente já na noite de ontem, no Salão Nobre do Majestoso.
 
“Fico muito feliz e orgulhoso em poder ser homenageado. Isso me incentiva ainda mais a trabalhar pelo meu clube do coração, como sempre fiz e sempre farei”, diz o agora presidente de honra Carnielli.
 
“Carnielli prestou serviços relevantes e ajuda inestimável à Ponte e teve, seja como conselheiro ou dirigente, teve uma atuação representativa ao longo dos anos. É uma homenagem muito justa e, diria, até pequena para quem tanto fez e faz pela Ponte”, acredita Mauro Alcides Zuppi, presidente do Conselho.
 
“Todo e qualquer pontepretano sabe e reconhece que graças ao Sérgio a história da Ponte mudou para melhor e evolui cada vez mais. Ele é o presidente de honra, mas a honra cabe a todos nós”, completa o presidente pontepretano Márcio Della Volpe.
 
Reconhecidamente um dos maiores benfeitores pontepretanos da história do time, o empresário Sérgio Carnielli foi presidente de 1996 a 2011, quando foi afastado em uma decisão de primeira instância da Justiça da qual a Ponte recorre e que tanto Conselho quanto Diretoria consideram equivocada.
 
Também na reunião desta terça, os conselheiros homenagearam Miguel do Carmo, símbolo da democracia racial no esporte. Migué, como era conhecido, foi o primeiro negro a jogar em um time de futebol no Brasil, justamente a Ponte Preta, da qual também foi um dos fundadores. No último dia 18, o diploma de mérito esportivo Sérgio Salvucci foi concedido in memoriam ao atleta e entregue pela Câmara Municipal ao filho dele, Geraldo do Carmo.  

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS