Na noite deste domingo (2), Ponte enfrenta o Avaí em busca de vitória fora de casa

 

Foto:PontePress/FábioLeoni

Vinda de uma vitória na Copa Sudamericana, a Ponte Preta enfrenta na noite deste domingo (2) o Avaí, em Florianópolis, em busca de um novo resultado positivo, desta vez pelo Campeonato Brasileiro. Com 14 pontos ganhos, a Macaca iniciou a rodada em 11º lugar e  quer conquistar três pontos fora de casa para voltar a subir na tabela. O adversário está na penúltima colocação, com oito pontos, mas não deve ser subestimado, ainda mais na Ressacada.

“Jogar com o Avaí lá sempre é difícil, em qualquer momento. Eles estão empolgados com a vitória sobre o Botafogo e isso aumenta a confiança deles. Já nós estamos vindo de um revés no Brasileiro, contra o Palmeiras, e reagimos na sequência pela Sulamericana. Temos que fazer no mínimo um jogo de igual para igual, entrar para competir e buscar a vitória”, diz o técnico Gilson Kleina, que ontem teve de viajar de maneira inesperada para Curitiba – em virtude da morte do cunhado, Edward Szewczak – e cuja presença no banco hoje está indefinida. Caso ele não consiga estar em Florianópolis, os auxiliares Juninho e Brigatti comandarão a equipe.

A Ponte Preta tem três desfalques para a partida de logo mais: Renato Cajá e Rodrigo, expulsos na última rodada contra o Palmeiras, e Emerson Sheik, suspenso por três cartões amarelos.  “Com certeza teremos a volta do Lucca e o Kadu entra no lugar do Rodrigo. Veremos ainda quem vai entrar no lugar do Cajá. Sabemos que são três ausências importantes, mas confiamos plenamente nos que estão entrando para dar a parcela de comprometimento deles e mostrarem porque fazem parte desse elenco”, diz o treinador.

O lateral Fernandinho também pode estar mais uma vez entre os titulares. “No jogo contra o Sol de América ele participou, mostrou vitalidade, é um atleta que tecnicamente chama a atenção. Precisa dar sequência, até porque conhece a posição e é inteligente. Espero que possa ele possa crescer no time, assim como toda nossa equipe tem muito a crescer, e ao mesmo tempo vamos resgatar o João, que vinha jogando na posição e que tem todo o nosso carinho”, pontua.

Assim como teve uma maratona de partidas em junho, a Macaca se prepara para oito confrontos neste mês, muitos deles com viagens – até uma internacional, já que no dia 26 enfrenta o Sol de América em Assunção, na partida de volta pela Copa Conmebol Sudamericana. “Acima de tudo cobramosque haja muito brio, pois às vezes não é possívelmanter a mesma intensidade que queremos e é preciso entender que são seres humanos, fazem seu melhor, mas há momentos de oscilação, nos quais  cai rendimento”, pontua.

O treinador, porém, diz que isso já era esperado. “Tínhamos previsto e é fato que nosso elenco deu desgastada, até porque pegamos uma sequência pesada. Flamengo, Santos, Cruzeiro e Palmeiras, equipes que exigem demais, e depois o jogo da Sulamericana, que tem o lado emocional. Se contarmos, a Ponte já fez 33 jogos no ano, sendo que o Paulista começou em fevereiro, então a média é mais de seis por mês., uma média alta… e isso porque ficamos fora da Copa do Brasil. E se ficamos felizes por ir à final do Paulista, isso também implicou em desgaste físico e emocional, e depois vieram as trocas, a reconstrução.  Então é trabalhar muito e forte, e ao mesmo tempo ser competente pra buscar resultados”, diz.

Kleina faz ainda uma avaliação da última partida, contra o Sol, na qual ficou fora do banco por suspensão.  “O adversário não veio pra jogar, fazia muita cera, só aceleraram o ritmo depois que tomaram gol. Lá vai ser diferente, porque eles vão sair pro jogo e temos que entrar mais no nosso futebol. Na quinta o jogo passou muito por bola parada, foram 13 escanteios, 17 cruzamentos, mas tivemos mais paciência e organização e chegamos ao gol”, analisa.

A partida entre Avaí e Ponte Preta começa às 19 horas e tem transmissão na TV apenas por pay-per-view.  O torcedor tem como opção, porém, as rádios esportivas de Campinas (AM 1170 e 870; FM 99,1), bem como as webrádios PonteNews, Alberto César e Macacada Reunida. 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS