Ponte volta a Campinas nesta tarde de quinta (17): Doriva revela que vitória contra o Santos foi parâmetro usado em Goiás e que equipe vai pra cima do Fluminense no sábado

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/ThiagoToledo

O elenco pontepretano chega a Campinas no início da tarde desta quinta, após vitória maiúscula no Serra Dourada, quebrando um tabu de 17 anos e uma sequência de quatro vitórias em casa do adversário. O técnico Doriva revela que o resultado de 3 a 1 contra o Santos no final de semana – o time do litoral então vinha em sequência invicta de 13 jogos e uma goleada em cima do São Paulo – foi crucial para que a equipe adotasse uma nova filosofia que está se mostrando efetiva.

“A vitória contra o Santos foi fundamental porque serviu como parâmetro do que podemos fazer e do que temos que fazer. Usamos isso ontem e conseguimos prevalecer em um campo difícil, contra uma grande equipe, que normalmente vence seus desafios em casa. Isso tudo torna o resultado contra o Goiás ainda mais especial”, pontua o treinador.

Quando Doriva chegou à Macaca, o time estava em um momento difícil na competição e houve uma reação imediata, vencendo o Flamengo. “Depois oscilamos e perdemos alguns jogos, a gente vinha de jogos difíceis, houve o desgaste, tivemos a Sulamericana e não temos um elenco tão grande. Mas houve superação, a equipe entendeu que é preciso  a entrega de todos e conseguimos reencontrar um bom futebol”, avalia.

Doriva enfatiza que conta com o torcedor pontepretano no estádio neste sábado para motivar ainda mais o time a continuar a boa sequência, desta vez contra o Fluminense. “O jogo de ontem foi Importantíssimo pras nossas pretensões, uma vitória impar, e queremos repetir o bom desempenho no Majestoso, diante da massa pontepretana. Quando a torcida empurra o time, ela é o 12º jogador. Sabemos que enfrentaremos uma grande equipe, que momentaneamente vem de maus resultados, mas é um confronto difícil e um jogo que é fundamental vencer. Por isso contamos com nosso torcedor”, convoca.

Estratégia contra o Goiás

O técnico Doriva também avalia a partida de ontem. “Tínhamos estratégia bem definida, sabíamos que o Goias pressiona muito, em alguns momentos alterna a linha baixa e a alta pra usar o contrataque, porque tem jogadores velozes. Fizemos uma leitura acurada e  mesmo pressionados conseguimos jogar, ficar com a bola, criar situações. Essa vitória nos animou muito mais pra seguir e chegar em uma pontuação ainda melhor”, diz.

O treinador conta que avaliou as conquistas do Goiás no Serra Dourada para identificar com os atletas alvinegros as brechas que poderiam ser exploradas. “Eu tinha mostrado ao nosso elenco a estratégia de explorar alguns espaços. Notamos que contra outros adversários o Goiás exercia pressão, subia linhas e algumas vezes se expunha porque estava jogando em casa, com pressão de ganhar. Demos esse toque de retornar a bola na frente pelas beiradas, conseguimos executar isso e fizemos os gols que nos levaram ao resultado.”

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS