Com ótimo aproveitamentos na cobranças e defesa decisiva de Roberto, Ponte vence o Paraná nos pênaltis e se classifica na Copa do Brasil

 

Crédito obrigatório para reprodução da imagem: PontePress/Victor Hafner

 

A emoção tomou conta do estádio Moisés Lucarelli na noite dessa terça-feira (06). A Ponte Preta enfrentou o Paraná pela partida de volta da segunda rodada da Copa do Brasil. Nos 90 minutos de bola rolando o placar foi o mesmo do primeiro jogo, 1 a 1. Sendo assim, a decisão da vaga foi para os pênaltis. Após sete cobranças certas para os dois times, Adílson Goiano marcou o oitavo para a Ponte e Roberto fez a defesa decisiva na cobrança de Marco Serrato.

O próximo compromisso alvinegro será no sábado (10) diante do ABC, às 16h20, novamente no estádio Moisés Lucarelli em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro 2014. Na Copa do Brasil, a Ponte vai enfrentar o vencedor do confronto entre Vasco da Gama e Treze da Paraíba.

O Jogo:

Aos 2 minutos Edno cobrou falta com perigo, mas mandou para fora. Cinco minutos depois, Léo Cittadini cobrou escanteio da esquerda, Alexandro subiu alto da marca do pênalti e desviou para dentro do gol. 1 a 0 para a Macaca.

O Paraná chegou aos 17, com um chute de Keno que saiu pela linha de fundo. O jogo seguiu muito disputado, mas sem chances de gol. Até que aos 44 minutos Lúcio Flávio cobrou falta da entrada da área e mandou a bola sem chances de defesa para empatar o jogo. 1 a 1. Sem mais lances de perigo, o primeiro tempo foi encerrado após três minutos de acréscimos.

Na volta do intervalo, o treinador Dado Cavalcanti teve que promover a primeira mudança na equipe. Alef entrou no lugar de Fernando Bob que sentiu dores decorrentes de um choque sofrido com o lateral do Paraná. Com a bola rolando, os visitantes chegaram ao ataque antes mesmo do primeiro minuto. Lúcio Flávio cobrou falta na área e, após o desvio, Keno chutou por cima.

Aos 9 minutos Edno lançou Rossi pela direita, o atacante foi até a linha de fundo e cruzou para trás, o próprio Edno recebeu na pequena área, mas mandou por cima do travessão. Aos 16, Alexandro cruzou da direita e Edno chutou de primeira por cima do gol. 

A segunda alteração da Macaca aconteceu aos 19 minutos, Edno saiu para a entrada do estreante Vinícius. Cinco minutos depois, a terceira e última substituição alvinegra, Rodolfo entrou no lugar de Léo Cittadini para fazer sua estreia no time.

Aos 38 minutos Daniel Borges cruzou da direita e Vinícius cabeceou para a defesa de Marcos. Sem mais lances de perigo, o jogo foi encerrado após quatro minutos de acréscimos. Como a primeira partida também terminou em 1 a 1, a decisão da classificação foi para os pênaltis.

O primeiro a bater foi Rodolfo, que chutou forte de pé esquerdo no canto esquerdo do goleiro e converteu. Giancarlo cobrou a primeira para o Paraná, bateu no meio do gol e empatou. O zagueiro César foi o segundo alvinegro, bateu forte de pé direito no canto direito e marcou. Gabriel Barcos cobrou para os visitantes, Roberto chegou a tocar à bola, mas ela entrou.

Daniel Borges também bateu forte, no alto e fez o terceiro para a Macaca. Lúcio Flávio bateu rasteiro, no cantinho esquerdo e empatou a série novamente. A quarta cobrança foi de Vinícius, que mandou no alto para marcar. Paulinho Oliveira mirou no canto direito baixo e converteu. O centroavante Alexandro cobrou de pé direito e fez o quinto. Keno colocou a bola no cantinho esquerdo e também assinalou o dele.

Para começar as cobranças alternadas, Rossi bateu alto na esquerda e fez. Na vez dos visitantes, Alisson mandou uma bomba no meio do gol e também marcou. Juninho cobrou de perna direita, tirou do goleiro e fez o gol. Cambará mandou no ângulo esquerdo e converteu. O volante Adílson Goiano bateu com categoria e recolocou a Ponte à frente. Marco Serrato cobrou de canhota e o capitão alvinegro Roberto fez a defesa, garantindo a Macaca na próxima fase da Copa do Brasil.

Ficha Técnica:
 
Ponte Preta: Roberto; Daniel Borges, César, Diego Sacoman e Juninho; Adílson Goiano, Fernando Bob (Alef) e Léo Cittadini (Rodolfo); Rossi, Edno (Vinícius) e Alexandro. Treinador: Dado Cavalcanti.

Paraná: Marcos; Carlinhos Miranda, Brinner, André Vinícius (Alisson) e Rodrigo Mann (Paulinho Oliveira); Cambará, Edson Sitta (Gabriel Barcos), Marco Serrato e Lúcio Flávio; Keno e Giancarlo. Treinador: Claudinei Oliveira. 
 
Data: 06/05/2014, terça-feira – 21h50.
Local: Moisés Lucarelli, Campinas-SP.
Árbitro: Igor Junio Benevenuto (MG).
Auxiliar: Celso Luiz da Silva (MG) e Frederico Soares Vilarinho (MG).
Cartões Amarelos: Rodolfo (Ponte Preta); Carlinhos Miranda, Giancarlo, Alisson, Edson Sitta e Lúcio Flávio (Paraná).
Gols: Alexandro (Ponte Preta); Lúcio Flávio (Paraná).

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS