Ponte vence o Bragantino e aumenta vantagem na zona de classificação

 

Crédito obrigatório para reprodução da imagem:
PontePress/VictorHafner

 

A Ponte Preta voltou ao estádio Nabi Abi Chedid, palco do acesso à Série A do Brasileiro no ano passado, e saiu desse confronto contra o Bragantino com a vitória pelo placar de 1 a 0. Com o resultado, a Macaca chega a 21 pontos e se mantém na segunda colocação do Grupo 2, com cinco pontos de vantagem em relação ao terceiro colocado Audax.

O próximo compromisso alvinegro será às 21 horas da quinta-feira (26) diante do Santos no estádio Moisés Lucarelli em partida válida pela 12ª rodada Campeonato Paulista 2015. Até o momento, a equipe do litoral soma 29 pontos e está na liderança do Grupo 4 após vencer Ituano, empatar com o Mogi Mirim, derrotar Red Bull, empatar com o São Paulo, e vencer São Bernardo, Portuguesa, Linense, Botafogo, Palmeiras, Marília e Audax.

O Jogo:

Mesmo jogando fora de casa, foi a Macaca quem atacou primeiro, aos 6 minutos Biro Biro chegou até a linha de fundo pela direita e cruzou na medida para Rildo cabecear forte, mas o goleiro Gilson fez uma grande defesa. O Bragantino teve sua primeira chance aos 13, com um chute de Caio da entrada da área que saiu por cima do travessão. Sete minutos depois, Renato Cajá cobrou falta com força, Gilson espalmou e Biro Biro pegou o rebote para empurrar para dentro. 1 a 0 Ponte.

Aos 22 minutos Diego Maurício arriscou de fora da área e João Carlos fez boa defesa. Aos 29, Rildo enfiou a bola para Roni, dentro da área pela esquerda, chutar para fora. Quatro minutos depois, Diego Macedo cobrou escanteio da direita e Ferreira subiu alto para cabecear, mas parou no reflexo do goleiro João Carlos. Sem mais jogadas de perigo, o primeiro tempo foi encerrado após um minuto de acréscimo.

Na volta do intervalo, a Ponte atacou primeiro mais uma vez. Aos 9 minutos Renato Cajá cobrou falta da intermediária para a área, o volante Léo Gago desviou contra o próprio gol e obrigou o goleiro Vinícius a fazer a defesa. A primeira alteração alvinegra aconteceu aos 18, Roni saiu para a entrada de Wanderson. Quatro minutos depois, a segunda mudança, Josimar entrou no lugar de Biro Biro.

Aos 22 minutos Renato Cajá cruzou da esquerda e Rildo apareceu na segunda trave para cabecear para fora. Dois minutos depois, Pará chutou de fora da área e mandou pela linha de fundo, bem próxima à trave. Aos 34, Renato Cajá cobrou falta na área e Pablo cabeceou para fora.

Logo na sequência, o treinador Guto Ferreira promoveu a terceira e última substituição na Macaca, Adrianinho entrou no lugar de Renato Cajá. Aos 42 minutos, Adrianinho cobrou falta na barreira e Fernando Bob chutou o rebote por cima do gol. Sem mais lances de perigo, o jogo foi encerrado após três minutos de acréscimos. 

Ficha Técnica:
 
Ponte Preta: João Carlos; Rodinei, Tiago Alves, Pablo e Rodrigo Biro; Fernando Bob, Bruno Silva, Renato Cajá (Adrianinho) e Roni (Wanderson); Biro Biro (Josimar) e Rildo. Treinador: Guto Ferreira.

Bragantino: Gilson (Vinícius); Diego Macedo, Ferreira, Renato Santos e Pará; Adílson Goiano, Anderson Uchôa, Léo Gago e Caio (Pedro Henrique); Igor Sartori (Erick) e Diego Maurício. Treinador: Wagner Benazzi.
 
Data: 21/03/2015, sábado – 18h30.
Local: Nabi Abi Chedid, Bragança Paulista-SP.
Árbitro: Leonardo Ferreira Lima (SP).
Auxiliar:  Fábio Rogério Baesteiro (SP) e Osvaldo Apipe de Medeiros Filho (SP).
Cartões Amarelos: Roni, Rodrigo Biro e Josimar (Ponte Preta); Diego Macedo, Caio e Ferreira (Bragantino).
Gol: Biro Biro (Ponte Preta).

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS