Ponte treina nesta manhã e Uendel destaca: temos um jogo difícil no sábado e vamos fazer de tudo para conquistar essa vitória

 

a jogo, mas chegar longe no campeonato. Acho que nós temos condição. A Ponte montou um elenco bastante qualificado, com reposição que é importante. Temos um jogo difícil no sábado e vamos fazer de tudo para conquistar essa vitória”.
 
Cobrador da falta que originou o gol de Artur na última partida, Uendel destaca a importância da bola parada para a equipe. “Foi um jogo difícil no sábado. A equipe do Oeste individualizou a marcação e não estávamos conseguindo limpar essa marcação e encaixar os dribles. Não conseguimos criar muito no primeiro tempo, e no segundo tempo em um lance em que acabei roubando a bola do Dede, partindo para o contra-ataque acabei sofrendo a falta. A bola parada é um quesito que treinamos bastante durante a semana. O professor André Luís cobra bastante nos treinamentos. Fiquei feliz, pois é uma bola que estamos treinando, que vem na frente dos zagueiros, e a nossa equipe tem grandes cabeceadores. Não só o Artur que fez o gol, mas o Clebão, o Ferron e o próprio William. Então temos que caprichar nessas bolas, pois se elas chegarem legais lá tem chances de gol”.
 
O lateral também fala sobre a concorrência no time titular. “Nunca estou tranquilo. Futebol é muito dinâmico, temos que sempre evoluir e a filosofia do Guto é essa. Sei que o Renan hoje está machucado, mas é um jogador de muita qualidade e vai voltar com tudo. Independente de quem estiver jogando é importante que  Ponte esteja bem servida de todas as posições. Mas o fato de o Renan estar hoje machucado não me deixa acomodado, muito pelo contrário. Estou sempre buscando evoluir, jogo a jogo, treino a treino, porque só assim vamos criar espírito vencedor. Todos os atletas pensam assim. Pensam em evoluir para estar na equipe cada vez mais forte”.

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS