Ponte treina nessa quinta (2) e Jadson destaca confiança que atletas recebem de Eduardo Baptista para melhorarem no Brasileiro

 

Foto: PontePress/FábioLeoni

O elenco da Ponte Preta faz mais um treinamento nessa quinta-feira (2), visando o jogo de domingo (5), contra o Bahia. O volante Jadson, que volta a estar à disposição do técnico Eduardo Baptista, após cumprir suspensão diante do Corinthians, quer time focado para conquistar mais um resultado positivo.  

 

“Já tem algum tempo que todos os jogos têm sido encarados como uma final. É uma semana cheia que temos para trabalhar, acetar os erros que cometemos no final de semana, para chegarmos inteiros no domingo”, afirma o atleta, que ressalta, o quanto tem sido importante a palavra do técnico Eduardo Baptista junto aos jogadores.

 

“O Eduardo tem dado toda a confiança, não só para mim, como para todos os jogadores. É diferente ter um treinador que gosta do seu trabalho, daquilo que faz em campo. Isso é importante para mim e para todos da equipe”, conta o atleta, que acrescenta. “É bom ter um líder como ele. Um cara inteligente, que me indicou e isso é uma motivação a mais”, avalia.

 

Se Jadson está de volta, por outro lado a Ponte não poderá contar com Naldo, Danilo e Emerson Sheik, que estão suspensos, além de Wendel lesionado. Para o meio-campista, são desfalques importantes, mas o elenco tem atletas que podem suprir essas ausências. “Todos os jogadores são importantes. Claro que eles são líderes técnicos e de currículos vastos. Faz falta, mas temos que apoiar e ter a confiança dos atletas que estão entrando”, comenta o jogador que reforça.

 

“Em momentos como esse jogadores experientes ajudam muito o nosso desenvolvimento em campo. Mas a responsabilidade, tanto dos mais rodados, quanto dos mais novos é a mesma. Temos que saber lidar desde cedo com isso. É claro que a Ponte tem vivido um momento delicado e é um clube grande, acostumado a bons feitos. Temos que saber administrar essa responsabilidade e quando entrar em campo suar mais a camisa”, enfatiza.

 

Sobre o confronto contra o Bahia, o volante quer que o time tenha o mesmo empenho que mostrou contra o Corinthians. “A postura tem que ser parecida com a do jogo do último domingo. É a mais próxima, a mais palpável e a mesma postura que tivemos em casa, temos que ter fora, com muita personalidade, raça e dedicação. Se Deus quiser vamos sair de Salvador com um bom resultado”, diz Jadson, que vê time ainda mais forte após a última vitória.

 

“Vencer, independentemente da circunstância te dá confiança. Muitas pessoas falam que a vitória esconde muitos erros. Isso já explica muita coisa. Mas vencer o líder do campeonato nos deixa muito confiantes”, completa.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS