Ponte treina na tarde desta segunda-feira (18) e Alexandro está se preparando forte para continuar no time titular da Macaca

 

Foto: PontePress/FábioLeoni

O elenco da Ponte Preta segue em pré-temporada em Águas de Lindóia e realiza na tarde desta segunda-feira (18), mais um treinamento visando o Paulistão. Além disso, é o momento em que o grupo se conhece mais, até porque há atletas que não estavam na Macaca em 2015. Não é o caso do atacante Alexandro, que voltou ao clube no segundo semestre do ano passado, garantiu sua vaga de titular e se diz preparado em brigar pela posição com seu novo colega, mas velho conhecido, Wellington Paulista.

 

“Conheço o Wellington Paulista desde 2008. É um excelente jogador, passou por vários times, tenho todo respeito por ele. Companheiro de trabalho, tem toda a resenha, mas vamos brigar de forma sadia pela posição. Um respeitando o outro, como sempre é feito aqui. Eu vou buscar meu espaço no time titular”, afirma o confiante atacante, que sabe a receita para assegurar essa vaga. “Vou procurar trabalhar como sempre. Vou me dedicar, dar meu máximo, como a torcida e todos sabem que faço. O mais importante é fazer gols. Sem gols nenhum atacante vive”, reforça.

 

Mas para fazer gols, a bola tem que chegar lá na frente. Uma das armas que a equipe tem é a presença forte dos laterais, que nesse ano tem pelo lado direito Nino Paraíba. E pelos primeiros trabalhos, Alexandro mostra confiança no novo companheiro.

 

“O Nino Paraíba tem muita força. Ele vai e volta. Eu já estou chamando ele de Sete Pulmões! O cara não cansa. Ele está de parabéns. Ano passado nossos destaques também eram as laterais e acho que esse ano vamos continuar assim. Tanto o Nino, quanto o Gilson atacam bastante e isso nos ajuda muito”, enaltece Alexandro, que sabe que é um dos responsáveis em criar sempre um ambiente agradável de trabalho.

 

“Futebol sem resenha não existe. Eu gosto de brincar. Tem jogadores aí que são mais fechados, mas tento descontrair o ambiente. Isso faz parte. Ainda mais todos longe de família e o grupo de jogadores é que acaba se tornando a nossa família. Vou fazer de tudo para que todos fiquem bem a vontade aqui na Ponte Preta”, completa.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS