Ponte treina na manhã deste sábado (10) e após amistosos pela seleção brasileira SUB 20 na Inglaterra, Maycon e Matheus Jesus, de volta à Macaca, avaliam experiência como positiva

 

Foto: PontePress/ThiagoToledo

A Ponte Preta treina na manhã deste sábado (10), onde faz seu último trabalho antes do jogo de domingo (11), contra o América Mineiro e Maycon e Matheus Jesus, jovens volantes do elenco estão à disposição do técnico Eduardo Baptista novamente. Os garotos integraram a seleção brasileira SUB 20 na última semana, onde fizeram dois amistosos contra a Inglaterra, lá na terra da Rainha. Ambos avaliaram de forma positiva o período defendendo seu país.

 

“Foi uma experiência muito boa para nós jogar contra a seleção inglesa, de alto nível e que está mudando seu padrão de jogo. Nós estamos buscando retomar o nosso também. É um conjunto que a gente vem crescendo na seleção e estou muito feliz de poder representar o Brasil e fazer um belo papel lá”, afirma Maycon, que já havia sido convocado em outras oportunidades, ao contrário do seu colega de time.

 

“Foi um momento muito importante para mim. Foi minha primeira convocação, pude aproveitar bem a oportunidade e espero voltar muitas vezes. Fiquei mais tímido por ser minha primeira convocação, ao contrário do Maycon. Mas ele me ajudou bastante”, explicou Matheus Jesus, que disse ter sido uma “experiência muito diferente”, pela organização e pela boa receptividade dos ingleses.

 

Matheus acrescenta que daqui há quatro anos, quer viver o sonho olímpico do outro lado mundo. “Gostaria muito de estar nas Olimpíadas. Estou trabalhando para isso. Tem muito tempo até lá e espero crescer muito mais para ir para Tóquio”, revela.

 

Maycon compartilha a convocação de ambos junto com o grupo. “É sempre muito gratificante. É sinal de que o resultado está sendo bom aqui na Ponte Preta. O elenco e o professor Eduardo estão contentes por nós. É um trabalho em conjunto. Se não fossem os amigos do clube nós não chegaríamos lá”, ressalta o volante, que vinha como titular da Macaca até o jogo contra o Atlético Mineiro, em Belo Horizonte/MG.

 

“Saí no último jogo contra o Atlético Mineiro, onde estava de titular, porque tive uma lesão que me tirou do jogo contra o Corinthians infelizmente. Agora é voltar ao time e brigar pela posição. Vamos ver o que o professor Eduardo vai armar, mas estou preparado”, ressalta o atleta, que acredita na força do estádio Moisés Lucarelli para a Macaca voltar a vencer.

 

“Estamos sendo muito fortes dentro do Majestoso. Estamos ganhando de vários times e é manter isso. Não importa se é o América ou o Grêmio, aqui em Campinas temos que nos impor. A torcida vai nos empurrar e cabe a nós corresponder a altura. A torcida joga junto se nós estivermos representando. Esperamos contar com o apoio deles”, completa. 

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS