Ponte treina na manhã dessa sexta (10) e Pottker valoriza parceria com atacante Lucca, além de convocar torcida para duelo de domingo contra o Corinthians

 

Foto: PontePress/ Fábio Leoni e PontePress/RaulSauan

A equipe da Ponte Preta está na reta final de preparação para confronto contra o Corinthians, nesse domingo (12) e faz mais um treino nessa sexta-feira (10). E quem tem colocado nos jogos, o que tem treinado, é o atacante Pottker, que já tem cinco gols na temporada, como Lucca, seu companheiro de time.

 

“É uma parceria boa, tanto para nós, como para a Ponte Preta e que está tendo gols. É claro que é importante outros jogadores participarem e nos ajudarem, com passes ou até mesmo finalizando, até porque não é sempre que nós iremos marcar. Quanto mais jogadores fizerem melhor. Quanto ao Lucca, ele é agudo como eu, está sempre em busca do gol. Ele não pega a bola e toca para trás, mas sim vira para frente. É uma característica muito parecida com a minha e o resultado disso é gol”, ressalta o atleta, que comenta a mudança no comando técnico da Macaca.

 

“Temos que correr do mesmo jeito, se não a Ponte não vai desempenhar um bom futebol e prejudicaríamos a instituição e nós mesmos. Temos que continuar trabalhando da mesma forma. Treinando forte, como estamos fazendo e foi mostrado contra o Ituano. Claro que tem todos os méritos do professor Felipe, que deixou um grande trabalho aqui e um pouco da vitória foi para ele. O professor João Brigatti faz um bom trabalho, é um pouco mais energético e passa para nós um pouco mais de vibração e isso ajuda dentro de campo”, revela.

 

Apesar de viver um bom início de temporada, o Bruxo da Macaca não marca a três rodadas. Para o próprio atacante é um sinal de alerta, mas se mostra motivado em melhora sua média.

 

“Foram três jogos sem fazer gols e sinceramente, por estar sempre marcando, isso é normal me incomodar. Mas a média ainda é muito boa. Foram nove jogos e cinco gols. Ano passado eu tive uma média de a cada três jogos, um gol. Claro que temos que trabalhar sempre para buscarmos os gols, porque não tem coisa mais prazerosa que marcar e comemorar com a torcida. Estou sempre trabalhando no dia a dia para ajudar a Ponte Preta”, reforça Pottker, que pretende balançar as redes adversárias o quanto antes.

 

“Eu gosto de jogar grandes jogos e de fazer gols em grandes equipes. É bom jogar contra equipes que proponham o jogo e saiam para jogar e prefiro enfrentá-las, pois tem mais espaço dentro das quatro linhas”, explica o jogador.

 

Sobre o confronto contra o Corinthians, Pottker acredita em um bom resultado. “O Ituano também é uma equipe muito forte, parecida com o Corinthians na marcação, no 4-1-4-1. Claro que é diferente, pelo status do Corinthians, mas nós jogamos dentro da nossa casa e eles têm que respeitar a Ponte Preta. Em casa somos muito fortes e é certeza que faremos um bom jogo no domingo. Estou muito confiante que faremos um bom jogo e sairemos com a vitória”, ressalta o atacante, que quer a presença maciça da torcida pontepretana.

 

“Nós que jogamos em alto nível sentimos falta disso. Até porque ter um estádio cheio é jogar com um jogador a mais. Vimos isso no jogo do Barcelona, com 90 mil pessoas. Espero e convoco sim a torcida, para que compareça, porque se encher nós vamos escutar os cantos da nação e até mesmo nos lances duvidosos influencia muito”, completa.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS