Ponte treina na manhã desta terça-feira (31) e elenco recebe palestra sobre mudanças nas regras da arbitragem

 

Foto: PontePress/RodrigoCeregatti

 

A equipe da Ponte Preta treina na manhã desta terça-feira (31), com o foco no jogo contra o América Mineiro, na quinta-feira (02), em Belo Horizonte-MG. Como parte do trabalho de preparação para a temporada, os atletas tiveram uma palestra antes do treinamento desta segunda (30), quando se reapresentaram, sobre as mudanças nas regras da arbitragem.

 

“Tanto a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), quanto a Federação Paulista de Futebol (FPF), disponibiliza aos seus clubes filiados essa troca de ideias com os jogadores, até para aclarar essas modificações. Ao todo foram 56 mudanças, mais de dez mil palavras foram retiradas do texto da regra, para o que a FIFA e a International Board entendem como futebol moderno. Tem algumas situações específicas que envolvem diretamente os jogadores e eles precisam saber. Inclusive conhecendo um pouco mais da regra, podem tirar vantagem com isso em relação aos adversários. Essa iniciativa da Ponte Preta é fundamental, importante e nós da FPF e eu também na condição de instrutor da CBF estamos sempre à disposição para tratar sore esse tipo de assunto”, ressalta Roberto Perassi, diretor de arbitragem da FPF, que conversou com os jogadores.

 

Roberto destaca que os próprios atletas tiraram dúvidas a respeito de algumas alterações. “Os jogadores também se preocuparam em perguntar em entender o processo. Até questionaram sobre algumas situações que aconteceram nos jogos, até para entenderem o que o árbitro fez de certo e errado. Isso possibilita um maior embasamento na hora de se contestar uma possível marcação da arbitragem, sem agressividade. Isso diminuiu cartões, faz com que os jogadores estejam mais tranquilos sobre a situação, pois sabem do que aconteceu”, afirma o diretor.

 

Para o coordenador técnico, Cristiano Nunes, a palestra foi muito positiva. “Agradecemos a FPF por ceder profissionais competentes como o Roberto Perassi, que explicou a nós e aos atletas sobre as mudanças nas regras do futebol, para que todos estejam bem informados sobre essas alterações e não sejamos pegos de surpresa. Foi uma palestra muito explanativa, clara, em uma linguagem fácil e ficam os nossos agradecimentos pela iniciativa da FPF em estar nos trazendo esse conhecimento”, diz o dirigente, que acrescenta.

 

“Percebemos que os próprios atletas estão se inteirando a respeito do que vem acontecendo e cobram atitude do árbitro. Os nosso atletas estão cientes e vão poder cobrar a arbitragem, caso não seja aplicado alguma mudança vigente no Campeonato Brasileiro”, completa.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS