Ponte treina em dois períodos neste sábado (06) e Felipe Azevedo foca em trabalho forte para confronto contra o Linense

 

PontePress/FábioLeoni

 

O elenco da Ponte Preta realiza treinos em dois períodos neste sábado (06), buscando sua preparação para o confronto contra o Linense, na quarta-feira (10), em Lins. Para Felipe Azevedo, a Macaca precisa estar ainda mais focada, para conquistar seus objetivos. “Trabalho é a palavra principal. Temos que nos preparar para conseguir o resultado que a gente tanto quer e se cobra. Queremos vencer, tirar esse peso que ficamos com as derrotas. Esse fim de semana sem jogo vai ser importante para treinar e na quarta-feira estarmos bem”, avalia o jogador, que espera que o time conquiste o entrosamento o quanto antes.

 

“Nossa equipe mudou muito do ano passado para agora. No último jogo atuamos de uma forma diferente em relação ao ano passado. Desde que estou aqui nunca chegamos a jogar dessa forma. Então é importante esse tempo só de treinos para o Vinícius arrumar e na quarta-feira iniciarmos uma sequencia melhor. Queremos atuar contra o Linense os 90 minutos, da forma como jogamos no segundo tempo contra o Santos, que ao meu ver foi muito bom”, explica o atleta.

 

Felipe Azevedo também é consciente das cobranças que vem da torcida pontepretana por melhores resultados, mas confia em superar esse momento complicado de início de Paulista.

“Estou aqui há oito meses e passei por um momento difícil aqui na Ponte ano passado. Cheguei com vitórias depois a equipe teve derrotas, houve cobranças e é normal, nós entendemos. Temos uma torcida que é muito apaixonada, que muitos jogadores queriam sentir essa vibração, essa adrenalina, que em muitos clubes isso não tem. Como um dos mais experientes, tento passar tranquilidade para os meninos, sabendo que isso é passageiro. A equipe vai engrenar e vai vencer os jogos que precisa”, confia o meia, que reforça o quanto quer dar alegrias à Nação Alvinegra.

 

“O que todo jogador quer ao chegar na Ponte é vencer, porque quer ficar marcado na história do clube. O torcedor valoriza muito quem honra a camisa. Todo jogador comenta que a torcida da Ponte cobra e vamos dar a volta por cima, para que os momentos de alegria retornem esse ano”, ressalta Felipe, que acredita na volta por cima da Macaca, já na próxima rodada.

 

“Temos quer ir para Lins e vencer, porque depois temos mais dois jogos em casa. Fazendo bons resultados entramos na briga. O líder do nosso grupo tem 4 pontos. É ter tranquilidade, calma, mas sabendo que futebol é vitória. Se não tiver vitória, infelizmente vai ter desconforto não só da torcida, mas nosso também”, completa.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS