Ponte treina e Artur destaca: o grupo é novo e faltou entrosamento no primeiro jogo, mas estamos no rumo certo

A Ponte Preta está treinando no Majestoso na manhã desta terça (22), visando ao confronto com o Corinthians amanhã. Neste momento, os reservas trabalham finalizações enquanto os titulares realizam trabalho de posicionamento ofensivo sob a coordenação do técnico Guto Ferreira. Para o lateral Artur, que teve um desempenho elogiado no jogo de estreia (em especial na parte defensiva),  o elenco está no caminho para um grande campeonato. 

“O empate no primeiro jogo não era o que queríamos, mas início de temporada é assim mesmo. Ainda estamos nos conhecendo, o grupo é novo, porém estamos no rumo certo. Em três ou quatro partidas acredito que já estaremos no ritmo. Agora é trabalhar forte e nos adaptar para fazermos uma boa partida nesta quarta”, diz.

Na opinião de Artur, a Ponte rendeu mais no primeiro tempo e já era esperada uma queda de ritmo na etapa complementar. Ele acredita que isso tenha se dado não por falta de preparo físico, mas sim por uma questão de falta de ritmo do conjunto, de entrosamento – o que não teria afetado tanto o Mogi já que o adversário vinha trabalhando há muito mais tempo para a competição (diferentemente da Macaca, que disputou o Brasileirão até dezembro).
“Tivemos uma boa pré-temporada, então não acho que seja questão física, mas sim de entrosamento, que é fundamental na nossa profissão. Estamos nos adaptando, nos conhecendo, conversando bastante um com o outro para saber, por exemplo, onde vada um quer mais a bola, se é parado ou na frente. Com isso vamos nos adaptar mais rápido e dar ritmo de jogo ao grupo logo”, afirma.

O atleta está certo que já na partida contra o Corinthians, na noite de amanhã, o time será diferente. “Vai melhorar bastante, não só eu como meus colegas. Estamos focados, temos dois jogos difíceis na semana e temos que ir passo a passo, com um bom desempenho já a partir de amanhã”, finaliza.

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS