Ponte revitaliza vestiário, que ganha placa de homenagem a Peri Chaib, túnel e gramado

Enquanto o elenco alvinegro finaliza a preparação para estreia no Campeonato Paulista 2022 diante do Palmeiras, na noite da próxima quarta-feira (26) nos domínios do adversário, o Majestoso está sendo preparado para receber com capricho os atletas que defenderão o manto pontepretano.

“Estamos melhorando a estrutura e dando um visual novo, para incentivar ainda mais nossos jogadores em campo”, diz o presidente Marco Antonio Eberlin. O vestiário principal do estádio recebeu nova pintura, ajustes e substituição dos adesivos das paredes e armários.

O vestiário também ganhará uma placa em homenagem a Pedro Antonio “Peri” Chaib, um dos diretores de futebol da Macaca que teve mais êxito na história do clube. Entre outras conquistas, Peri dirigiu o futebol alvinegro no ano de 1969, quando a Ponte Preta conquistou o título de Campeão Paulista da série especial (equivalente à série A2), os vice-campeonatos de 1977 e 1979.

Peri Chaib também foi um dos responsáveis diretos pela montagem do histórico time de 1981, ano em que a Macaca conquistou o título de Campeã Paulista do primeiro turno, vencendo a decisão em dérbi histórico (3 a 2), foi vice Paulista e conquistou sua melhor colocação no Campeonato Brasileiro da Série A, ficando em terceiro lugar. Aliás, 1981 foi considerado o ano de ouro da Ponte, que também a Copa São Paulo de Futebol Jr, foi Campeã Paulista Infantil, Campeã Paulista Juvenil e Campeã Paulista Junior.

“Peri Chaib, na minha opinião, foi o melhor diretor de futebol que a Ponte já teve, além de ter sido presidente do clube em 1994, ter ocupado a vice-presidência do Conselho, ter sido diretor jurídico da Ponte., Sem mencionar que foi presidente e fundador do Sport Clube Gazeta, um dos times mais tradicionais do esporte amador na cidade, diretor de seleção da CBF e vice-presidente da Federação Paulista para a região”, relembra Eberlin.

Hino e seleção

O novo envelopamento do vestiário alvinegro, já finalizado, conta com a letra do hino da Ponte Preta distribuída em fotos de uma ponta a outra do ambiente, galeria de imagens marcantes de torcedores e um espaço dedicado a atletas que foram da Ponte Preta à Seleção Brasileira, como Carlos, Oscar, Mineiro, Washington, Luis Fabiano, Polozzi, Juninho, André Cruz e Waldir Peres, além do goleiro Ivan.

O corredor de acesso ao vestiário e o túnel que leva ao gramado também passaram por revitalização com troca de piso e pintura. E, claro, o campo também passou por tratamento para que o gramado esteja apto para a prática do futebol.  Vale lembrar que a estreia da Macaca em casa é contra a Inter de Limeira, às 18h30 deste sábado (29).

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS