Ponte Preta enfrenta Santa Cruz fora de casa e busca entrar no G4 em última partida antes da parada da Copa do Mundo

Crédito obrigatório para reprodução
da foto: ChristianAlekson/CearaSCcom

A equipe da Ponte Preta faz seu último jogo na noite desta terça-feira (03), antes do recesso da Copa do Mundo, e vislumbra entrar no grupo dos quatro melhores do Campeonato Brasileiro da Série B. Os comandados do técnico Dado Cavalcanti enfrentam o Santa Cruz, no estádio do Arruda, em Recife-PE, às 19h30. O time pernambucano tem 13 pontos no campeonato e a Macaca está com 16. O Ceará, líder do Brasileiro, soma 18 pontos. Com isso, dependendo de uma combinação de resultados, se vencer o time campineiro pode terminar a 10ºRodada entre os quatro melhores ou até mesmo como líder da competição. Para o zagueiro Gilvan, a equipe tem tudo para brigar na parte de cima da tabela.

"Essa vitória veio no momento certo. Precisávamos emendar duas vitórias seguidas para entrar no G4. Ainda não conseguimos entrar entre os quatro, mas estamos em 5º lugar e só dois pontos atrás do líder. Isso é muito importante. O difícil não é chegar no G4, o difícil é se manter nesse grupo. Assim que chegarmos lá temos que fazer de tudo para permanece entre os melhores e nos manter até o final do campeonato", afirma.

Gilvan diz que o time tem que superar a maratona de jogos próximos e buscar os três pontos. "Temos que vencer o cansaço e ir buscar mais um bom resultado contra o Santa Cruz. Quem quer chegar à Série A tem que superar esses problemas. Esperamos fazer um bom jogo e sair de lá com a vitória."

O zagueiro explica quais serão as dificuldades que acredita que a Ponte irá encontrar em Pernambuco. "Eu acredito que teremos um forte calor. Lá o clima é muito quente e não estamos acostumados nessa época do ano, está frio em Campinas. A torcida deles fica em cima o tempo todo também, mas isso não pode interferir muito. Temos que fazer o nosso melhor", ressalta.

O jogador também comemora o bom trabalho que tem feito junto do zagueiro César e agradece a confiança do técnico Dado Cavalcanti, em mantê-lo na equipe titular. "Estamos trabalhando juntos há três semanas e tem dado certo. Em três jogos que fizemos conseguimos duas vitórias e, injustamente, tivemos uma derrota. Agora o importante é entrar no G4. O Dado passou confiança para mim e espero a cada jogo dar meu melhor e corresponder", reforça o jogador, que mostra que o grupo está vislumbrando grandes conquistas na competição.

"Essa sequencia de vitórias é muito importante. Os adversários que vêm nos enfrentar já vêm com um pouco de medo, porque estamos em momento bom. E é a Ponte Preta, um clube grande e de tradição. Pensamos a todo momento no acesso e no título. O pensamento é esse", completa. A partida desta noite tem transmissão pela SporTV e Première FC, e pelas rádios de Campinas, FM 99,1 e AM 870 e 1170.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS