Ponte Preta treina na tarde desta quinta (16) e Adrianinho foca na superação para voltar a brilhar pela Ponte e faz balanço positivo do início de trabalho com nova comissão

 

Crédito obrigatório para reprodução da imagem: PontePress/DJota Carvalho

 

Na reta final de preparação para a estreia no Campeonato Paulista neste domingo (19), o meia Adrianinho está confiante no trabalho que está sendo feito. O jogador, porém, lembra do momento difícil de 2013, quando não estava sendo utilizado e foca na superação para ajudar a Macaca a ter um bom desempenho.

“No período em que somente treinava foi uma época bastante difícil e que eu tive que ter muita perseverança. Tive pessoas do meu lado para me ajudar, porque sozinho não conseguimos nada. Mas eu confiava em poder entrar e voltar a jogar, até porque eu conheço tudo aqui. Eu sabia que tinha condição, mas não sabia se iria acontecer (às vezes as coisas não acontecem como queremos). Mas tudo que pensei e planejei deu certo. Fiquei muito feliz e mais ainda em ter renovado o contrato”, diz o jogador que ressalta sua fé para ultrapassar obstáculos.

“Como era uma luta grande, as pessoas sabiam e sempre recebia telefonemas para não desistir, porque uma hora iria acontecer. O que mais me apego é na fé em Deus. Isso não nos deixa desanimar. Através disso me mantive motivado” diz o jogador.

Em relação à preparação da equipe, o atleta também mostra um pensamento otimista. Apesar o resultado negativo diante do Joseense no último jogo-treino, o meia viu aspectos importantes, que podem ajudar para quando a partida realmente valer três pontos.

“O jogo diante do Joseense foi muito proveitoso para nós. A equipe deles se mostrou bem organizada, treinada e geralmente amistosos assim são ruins. Foi um jogo-treino muito bem marcado. Em relação a nós, são 12 dias de treinamentos. Mudou o treinador e aí muda todo o sistema de jogo. Mudaram vários jogadores, então são muitas mudanças, para poucos dias de treinamento e aconteceu esse resultado negativo. Mas muitas coisas positivas aconteceram também. Hoje mesmo pela manhã o Sidney nos reuniu e com o trabalho de vídeo nos passou suas orientações corrigindo muita coisa. Já que não tem tempo de toda hora estar no campo, pelo menos se corrige no vídeo, diz o atleta, que está confiante no trabalho do técnico Sidney Moraes e acredita que o torcedor pontepretano vai gostar do desempenho do time.

“Temos a confiança e a convicção de que da forma como o Sidney quer que joguemos, a torcida vai gostar. É uma forma que parece ser defensiva, mas é muito agressiva, parecida com a do time do início do ano passado que o Guto Ferreira armava. Com bastante agressividade e velocidade. E espero que possamos encaixar e através dessas correções e com os treinamentos estarmos prontos para o primeiro jogo”, afirma o jogador.

O meia valoriza muito o trabalho do novo comandante da Macaca e vê com bons olhos o trabalho realizado até o momento. “Já percebemos que o Sidney é um treinador está com muita vontade de vencer. É um treinador jovem, trazendo ideias novas na forma de jogo e os atletas estão concentrados e juntos nesse pensamento. Não tem ninguém querendo trabalhar de outra forma ou achando que está errado. Estamos confiantes”, explica Adrianinho, que finaliza falando de como o novo treinador é exigente.

“A cobrança do Sidney é forte. Ele chega junto mesmo. Em poucos dias ele já soltou alguns palavrões, para fazer que ele determina. E nós entendemos o recado (risos). Estamos procurando fazer”.

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS