Ponte Preta estreia com vitória na Copa Total Sul-Americana

 

A equipe da Ponte Preta fez seu primeiro jogo na sua história em uma competição internacional e o resultado não poderia ser melhor. A equipe campineira venceu o time do Criciúma-SC, no Estádio Heriberto Hulse, pelo placar de 2 a 1, no jogo de ida, válido pela segunda fase da Copa Total Sul-Americana.  Os gols foram de César e Chiquinho.

 

Com o resultado a Macaca joga pelo empate no jogo de volta, que será realizado na próxima terça-feira (27), às 21h50 no Moisés Lucarelli.

O Jogo

Logo aos cinco minutos de jogo a Ponte Preta abriu o placar. Uendel levantou a bola na área em cobrança de falta e o zagueiro César desviou de cabeça no fundo do gol de Galatto. Foi o primeiro gol da Macaca em uma competição internacional na sua história. Dois minutos depois, a equipe do Criciúma respondeu em chute forte de Morais, que desviou e passou perto da trave de Roberto.

A Ponte voltou a criar uma chance de gol aos 13 minutos em bola que sobrou para o atacante Dennis. O jogador pegou muito embaixo da bola e ela foi por cima do travessão. A Macaca levou novamente perigo ao gol do Criciúma aos 27 minutos em grande jogada de Rildo. O atacante invadiu a área adversária e chutou forte para grande defesa de Galatto.

Sete minutos depois Chiquinho fez boa troca de passes com Rildo. O pontepretano invadiu a área, mas a finalização foi bloqueada pela zaga. Aos 39 minutos a Ponte teve uma cobrança de falta frontal ao seu favor. Chiquinho foi para cobrança, mas a bola subiu demais. Três minutos depois, novamente Chiquinho teve grande chance de ampliar o marcador em chute colocado que passou perto da trave de Galatto.

O segundo tempo começou e a Ponte Preta foi quem teve a primeira oportunidade aumentar o placar aos 11 minutos. Uendel cobrou falta, César desviou de cabeça e a bola sobrou para Betão. O zagueiro pegou de primeira, mas a bola passou ente à trave de Galatto. Seis minutos depois o Criciúma chegou com perigo ao gol de Roberto. Lins saiu cara-a-cara com Roberto, tocou de lado, mas a bola passou perto da trave direita. Na sequência, foi a vez de Fabinho entrar dentro da área da Macaca e chutar forte. Roberto fez excelente defesa.

Após a pressão do time da casa, porém, a Ponte Preta conseguiu ampliar o marcador aos 22 minutos. Após falta sofrida por Uendel, Chiquinho cobrou no ângulo do arqueiro do time catarinense. Dois a zero para Macaca. Após o segundo gol as equipes criaram muito pouco. Mesmo assim, o Criciúma conseguiu diminuir o marcador com cabeçada de João Vítor aos 42 minutos, após cruzamento de Lins.

Aos 45 minutos a Ponte teve a chance de ampliar o marcador com Fernando Bob. O volante saiu cara-a-cara de Galatto, chutou forte, mas o goleiro fez boa defesa. Sem mais grandes oportunidades o jogo terminou com a vitória da Ponte.

Ficha Técnica

Criciúma: Galatto; Sueliton, Matheus Ferraz, Leonardo e Gilson; Amaral (Bruno Renan), Leandro Brasília, João Vítor e Morais (Lins); Fabinho e Wellington Paulista. Técnico: Vadão.

Ponte Preta: Roberto; César, Betão e Diego Sacoman; Magal, Fernando Bob, Régis, Chiquinho (Giovanni) e Uendel; Rildo (Rafinha) e Dennis (Advíncula). Técnico: Paulo César Carpegiani.

Data: 21/08/2013, quarta-feira – 21h50.
Local: Estádio Heriberto Hulse, Criciúma-SC.
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden/BRA
Auxiliar: Altemir Hausmann/BRA e Rodrigo Pereira Joia/BRA
Cartões Amarelos: Uendel e Magal (Ponte Preta); João Vítor, Wellington Paulista, Gilson, Leonardo, Amaral e Matheus Ferraz (Criciúma).
Gols: César e Chiquinho (Ponte Preta) e João Vitor (Criciúma).
Público: 6.806 pagantes
Renda: R$ 68.120,00

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS